Economia

Região estuda investimento na mobilidade eléctrica

  • 13 de Outubro de 2009
  • 194 Visualizações, Última Leitura a 17 Agosto 2017 às 17:24
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Direcção Regional da Energia está a avaliar a forma como poderá ser estabelecida uma cooperação entre a Região e o Ministério da Economia e Inovação, no âmbito do programa da mobilidade eléctrica em Portugal.

O director regional da Energia, José António Cabral Vieira, acompanhado pelo administrador delegado da Agência Regional da Energia e Ambiente (ARENA), Nuno Domingues, reuniram em Lisboa, no Ministério da Economia e Inovação, com responsáveis pelo programa da mobilidade eléctrica em Portugal.

Como revela uma nota do gabinete de imprensa do Governo Regional (GACS), foram avaliadas as sinergias e potenciais áreas de cooperação relativamente à implementação da mobilidade eléctrica na Região, factor considerado de grande relevância para uma maior penetração de energias renováveis, tal como tem sido frequentemente afirmado pelo MIT-Portugal, promotor do projecto Green Islands.

Cabral Vieira e Nuno Domingues reuniram ainda, em Oeiras, no Tagus Park, com os membros do Pólo de Competitividade e Tecnologia da Energia, o qual integra, além do MIT-Portugal, diversos investigadores e empresas ligadas ao sector energético.

Nessa reunião, o MIT-Portugal deu a conhecer o nível de desenvolvimento do projecto Green Islands, tendo o director regional da Energia discutido, nomeadamente com as empresas, a relevância do projecto para os Açores e para o investimento empresarial.

Foram ainda estabelecidos contactos com vista à aquisição, em breve, de alguns postos de carregamento para veículos eléctricos, a instalar na Região, como forma de sensibilização da população para as mudanças em curso a nível internacional, ainda antes da introdução da fase piloto do programa de mobilidade eléctrica regional.

Ainda na capital, o director regional da Energia reuniu-se com a ADENE, entidade responsável pela gestão do sistema de certificação energética dos edifícios (SCE), onde foram apresentadas algumas das diferenças presentes no sistema de certificação dos edifícios dos Açores (SCEA), criado pelo Decreto Legislativo Regional nº. 18/2009, e a identificação de potenciais áreas de cooperação entre aquela entidade, a ARENA e a Direcção Regional da Energia, nomeadamente na formação de peritos qualificados.

O projecto MIT Portugal está a desenvolver três frentes de trabalho, tendo em vista maximizar o volume de energias renováveis utilizado na produção de energia eléctrica, criar uma rede eléctrica inteligente onde o consumidor é também gestor da procura e da oferta de energia, e expandir o uso dos transportes eléctricos, com o objectivo último de, em 2018, dar a pelo menos duas ilhas dos Açores, São Miguel e Flores, um elevado grau de autonomia energética.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos