Economia

Turismo Rural à margem da crise faz V Bienal em São Jorge

  • 29 de Setembro de 2009
  • 214 Visualizações, Última Leitura a 19 Novembro 2017 às 10:30
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A ilha de São Jorge vai acolher de 15 a 17 de Outubro a V Bienal de Turismo Rural Atlântico, numa altura em que o Turismo Rural já representa cerca de 10 por cento da oferta hoteleira, está a sofrer menos com a crise do que a hotelaria tradicional e tem agora pela frente a tarefa de consolidar uma imagem de marca fora dos Açores, melhorando a promoção.

“Esta é uma das áreas em que melhor se concilia a imagem de marca dos Açores com o seu aproveitamento empresarial”, afirmou à Agência Lusa o secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, que ontem apresentou o programa do evento nas Velas, em São Jorge.

Um evento que é a grande oportunidade para, de dois em dois anos, os profissionais e especialistas do sector trocarem experiências, debaterem os problemas do Turismo Rural e pensarem nas melhores estratégias de promover os Açores num tipo de oferta turística de alojamento onde a Região, pelas suas condições naturais e patrimoniais, mais pode marcar a diferença.

“Este é um espaço privilegiado para discutirmos os nossos problemas e mostrarmos o nosso agrado ou discordância com as decisões que são tomadas neste sector”, afirma ao Açoriano Oriental Gilberto Vieira, presidente da direcção da Associação de Turismo em Espaço Rural - Casas Açorianas, que representa cerca de 650 das mais de 900 camas que os Açores disponibilizam actualmente no Turismo Rural.

O ano de 2009, marcado internacionalmente pela crise económica e financeira, até não está a ser um ano mau para o Turismo Rural nos Açores, ou pelo menos tão mau como noutros sectores. “A crise não nos está a afectar tanto como à hotelaria tradicional, porque as pessoas que nos procuram têm um poder de compra mais elevado e não deixam de viajar à primeira dificuldade, procurando a diferença que o Turismo Rural pode oferecer”, explica Gilberto Vieira.


Numa Bienal onde irão participar especialistas de regiões tão diferentes como Nova Zelândia e Canárias, a promoção do Turismo Rural nos Açores é neste momento o grande desafio para o presidente da direcção da ‘Casas Açorianas’.

“O Turismo Rural nos Açores imprimiu o seu próprio ritmo bastante acelerado nos últimos anos, que agora nós temos de acompanhar também com estratégias promocionais e de qualificação da oferta, para que o Turismo Rural nos Açores seja um produto ‘âncora’ da promoção da Região”, alerta Gilberto Vieira.

A V Bienal de Turismo Rural Atlântico é “uma excelente oportunidade para todos os operadores açorianos do Turismo Rural”, referiu o secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, na apresentação de um evento em que se prevê a participação de mais de duas centenas de pessoas para debater temas que vão do mergulho aos trilhos, passando pela observação de aves.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos