Economia

Época de saldos de Verão termina hoje com balanço genericamente positivo

  • 15 de Setembro de 2009
  • 190 Visualizações, Última Leitura a 19 Setembro 2017 às 15:29
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A época de saldos de Verão termina hoje, depois de dois meses, com consumidores e comerciantes a fazerem genericamente um balanço positivo, apesar dos do Porto estarem mais satisfeitos do que os de Lisboa.

Os comerciantes ouvidos pela Lusa consideram que os saldos são imprescindíveis para escoar stocks e os consumidores afirmaram-se satisfeitos por poderem comprar mais barato.

Os comerciantes convergem na ideia de que a crise fez com que os saldos e os descontos tivessem sido praticados por mais estabelecimentos, até em áreas de negócio onde não era habitual, como a electrónica, electrodomésticos ou lojas de música.

O presidente da União de Associações do Comércio e Serviços (UACS) de Lisboa, Vasco de Mello, disse à agência Lusa que “os saldos não correram muito bem".

O responsável considera que, apesar de terem animado as vendas, os saldos não salvaram o consumo privado, que “continua negativo".

Vários comerciantes de Lisboa, com quem a Lusa falou, consideraram, no entanto, que o balanço é positivo.

Também no Norte, o comentário é mais optimista, com o presidente da Associação dos Comerciantes do Porto, Nuno Camilo, a fazer um "balanço positivo" dos saldos de Verão, que permitiram escoar stocks e gerar receitas para investir em novas colecções.

"Face a 2008, a situação está a melhorar", apontou o representante dos comerciantes do Porto, apesar de admitir que as receitas foram mais baixas porque os descontos foram mais elevados.

"Os maiores descontos registaram-se no vestuário e calçado", acrescentou.

A época de saldos de Verão iniciou-se a 15 de Julho e termina a 15 de Setembro.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos