Economia

Transmaçor diz que tem capacidade de resposta

  • 10 de Setembro de 2009
  • 221 Visualizações, Última Leitura a 24 Novembro 2017 às 12:42
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O administrador da Transmaçor, José Almeida, disse ontem ao DI que a empresa está preparada para cumprir os requisitos do serviço público de transporte marítimo de passageiros no grupo Central, cuja abertura das propostas do concurso deverá ocorrer no próximo mês de Outubro.

De acordo com José Almeida, a Transmaçor, que detém actualmente o serviço, irá apresentar-se a concurso com os quatro barcos que operam actualmente nas ilhas do grupo Central - “Expresso das Ilhas”, “Expresso do Canal”, “Cruzeiro das Ilhas” e “Cruzeiro do Canal”.

Apesar das normas do concurso público implicarem um aumento do número de viagens e inclusão da Graciosa, o administrador assegura que a empresa tem capacidade para realizar as viagens.

“Em vez do barco ficar cinco horas parado no porto de Angra do Heroísmo para cumprir o horário da viagem de regresso, pode ir e vir à Graciosa nesse período”, assegura.

José Almeida considera que a Transmaçor é a única transportadora marítima a operar nos Açores com capacidade para cumprir as regras agora definidas pelo Governo Regional.

Na apresentação das normas do serviço público de transportes marítimos no grupo Central, o secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, assegurou que a empresa de capitais públicos Atlânticoline não vai participar no concurso.

Por outro lado, o administrador da Transmaçor adiantou que vão ser efectuados investimentos na melhoria das condições das embarcações da empresa.

“Depois da instalação de tanques de lastro nos barcos rápidos vamos efectuar a reparação e adaptação às novas normas em vigor no ”Cruzeiro das Ilhas” e “Cruzeiro do Canal” no próximo ano”, afirmou.

OBRIGAÇÕES

No âmbito das obrigações do serviço público a rota Horta/São Roque/Velas/ Calheta/Angra Heroísmo/Santa Cruz da Graciosa/Angra Heroísmo/Calheta/Velas/São Roque/Horta vai dispor de quatro ligações semanais nos meses de Junho, Julho e Setembro e cinco em Agosto.

Com as novas normas passa a ser realizada mais uma frequência por semana nas ilhas do grupo Central e o serviço de transporte marítimo será alargado um mês, passando a efectuar-se desde a primeira quinzena de Junho até à última de Setembro.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos