Economia

Produção na construção caiu 4,2% e emprego no sector recuou 7,2% em Julho

  • 10 de Setembro de 2009
  • 232 Visualizações, Última Leitura a 20 Novembro 2017 às 02:02
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A produção na construção acentuou a queda em Julho face a igual mês de 2008, para 4,2 por cento, enquanto o emprego e as remunerações no sector desciam 7,2 por cento, divulgou hoje o INE.

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que a média móvel da produção na construção dos últimos três meses, corrigida dos efeitos de calendário e da sazonalidade, apresentou uma variação homóloga negativa em 4,2 por cento em Julho contra 3,4 por cento negativos em Junho.

"A evolução da actividade neste período manteve um perfil semelhante àquele do período anterior, com o segmento da construção de edifícios a influenciar negativamente o resultado global, enquanto a engenharia civil apresentou uma variação positiva, embora em abrandamento", refere o INE.

A produção na construção de edifícios apresentou uma queda de 8,5 por cento em Julho, quando em Junho era de 7,3 por cento, e na engenharia civil aumentou 0,3 por cento contra 0,7 por cento no mês anterior.

O volume de emprego no sector manteve a redução anual registada em Junho, de 7,2 por cento.

Na comparação mensal, face a Junho, o emprego na construção apresentou uma taxa de variação nula, enquanto a média nos últimos 12 meses foi negativa em 4,9 por cento.

Em Julho, as remunerações pagas pelo sector caíram 7,2 por cento quando um mês antes tinham descido 8,0 por cento.

Quando comparadas com Junho, as remunerações aumentaram 7,5 por cento, um comportamento que o INE explica ser, em parte, influenciado pelo pagamento de subsídios de férias neste período.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos