Economia

Estado apoia negócio próprio a desempregados

  • 21 de Agosto de 2009
  • 195 Visualizações, Última Leitura a 20 Agosto 2017 às 07:44
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Ao todo, são 7 anos de financiamento, sendo que no primeiro ano os beneficiários não pagam prestações.

A partir de 15 de Setembro o Estado compromete-se a apoiar os desempregados que queiram criar o próprio emprego através de um empréstimo cuja prestação no primeiro ano fica a cargo do executivo, revela o «Diário Económico» citando fonte do Ministério do Trabalho.

 

A Microinvest, com 15 milhões, e a Invest+, com 85 milhões, são as duas linhas de crédito que vão ajudar o governo a criar mais 2.700 empresas e 4.400 postos de trabalho.

O empréstimo vai ser concedido a sete anos e nos primeiros três há apoio estatal e o empreendedor não tem que amortizar o capital. No primeiro ano não se paga prestação, mas esta vai subindo progressivamente a partir do segundo ano.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos