Economia

Governo está no caminho seguro para sair da crise

  • 14 de Agosto de 2009
  • 176 Visualizações, Última Leitura a 21 Setembro 2017 às 21:08
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou esta quinta-feira que os dados divulgados pelo INE, que indicam que a economia cresceu 0,3 por cento no segundo trimestre, mostram que o Governo está num caminho seguro para sair da crise.

O primeiro-ministro considerou que os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) são "animadores" e "positivos" e "mostram que o Governo está num caminho seguro para sair de uma das mais graves crises da economia".

A economia portuguesa inverteu a tendência de queda, ao crescer 0,3 por cento no segundo trimestre do ano em relação aos três meses anteriores, segundo dados hoje divulgados pelo.

"Isto não é o fim da crise, mas sim o princípio do fim da crise. Há ainda desafios a enfrentar, mas os dados evidenciam o sinal de inflexão, uma viragem na economia", disse José Sócrates, na conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros.

José Sócrates disse também que os dados divulgados hoje "confirmam as projecções do Governo e põem de lado projecções mais catastróficas", salientando o facto de Portugal ser "um dos primeiros países a sair da situação de recessão", a par da Alemanha, França, Grécia e Eslováquia.

Questionado sobre se a evolução do desemprego poderá condicionar o futuro da economia, o primeiro-ministro reconheceu ser ainda "muito cedo" para dizer qual será o impacto, uma vez que a recuperação será "mais retardada".

Esta recuperação, segundo José Sócrates, só acontecerá nos próximos meses.

"Vamos ter ainda que suportar as consequência das crise económica que se virão ainda a sentir nos próximos meses de 2009", explicou.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos