Economia

Clima económico e confiança dos consumidores aumentam pelo terceiro mês consecutivo

  • 30 de Julho de 2009
  • 250 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 22:17
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O indicador de clima económico voltou a aumentar em Julho, pelo terceiro mês consecutivo, após ter atingido o mínimo histórico em Abril, com a confiança dos consumidores a acompanhar a tendência, anunciou hoje o Instituto nacional de estatística (INE).

Segundo os Inquéritos de Conjuntura às Empresas e as Consumidores divulgados hoje, os indicadores de confiança em Julho subiram em todos os sectores.

"O indicador de confiança dos Consumidores reforçou o movimento ascendente observado desde Abril, após ter registado em Março o mínimo histórico da série, iniciada em Junho de 1986", explicou o INE.

Este indicador recuperou nos últimos três meses, beneficiando do contributo positivo de todas as componentes, destacando-se o caso das perspectivas sobre a evolução económica do país e sobre a evolução do desemprego, uma vez que em Março estas duas componentes registaram os mínimos das espectivas séries.

Por sectores, o indicador de confiança da Indústria Transformadora retomou a trajectória ascendente iniciada em Março, com os contributos de todas as componentes, já que no mês passado havia sofrido uma ligeira queda.

O indicador de confiança da Construção e Obras Públicas foi beneficiado pela recuperação das opiniões sobre a carteira de encomendas e perspectivas de emprego, enquanto no comércio, o comportamento do indicador foi determinado pela recuperação registada em todos os subsectores, com destaque para o comércio a retalho nos últimos três meses.

No caso dos Serviços, o aumento que se tem verificado nos últimos três meses, que recebeu maior impulso em Julho, o indicador beneficiou da recuperação apresentada nas opiniões sobre a evolução da carteira de encomendas e nas perspectivas de procura.

Na zona euro, a confiança dos empresários e dos consumidores subiu em Julho para o seu valor máximo desde Novembro, estabelecendo-se em 76 pontos, contra 73,2 em Junho, segundo dados hoje publicados pela Comissão Europeia.

Os dados publicados pelo executivo comunitário mostram uma melhoria da confiança dos consumidores nos 23 pontos negativos (contra 25 pontos negativos em Junho) e uma melhoria da confiança na indústria de dois pontos (para -30 pontos), enquanto a confiança dos retalhistas melhorava em quatro pontos (para -13 pontos).

No conjunto da União Europeia, o índice evidencia também uma melhoria da confiança dos agentes económicos, ao estabelecer-se em 75,5 pontos este mês contra 71,1 pontos em Junho.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos