Economia

Sobretaxa de combustível deve ser abolida na Tap e na Sata

  • 22 de Julho de 2009
  • 223 Visualizações, Última Leitura a 18 Novembro 2017 às 23:30
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) quer que a Tap e a Sata deixem de aplicar a sobretaxa de combustível, tarifa que se aplica a todos os voos domésticos e que aumenta em quatro euros o preço de cada voo.

Em ofício enviado às companhias aéreas e à Secretaria Regional de Economia, a CCAH mostrou a sua “grande apreensão” pela reintrodução da sobretaxa de combustível que, na prática, vem aumentar o preço da viagem entre Açores, Madeira e/ou Continente, em oito euros. Aquela tarifa, justificada pelas transportadoras aéreas como uma medida de protecção em relação à subida do preço dos combustíveis, foi reintroduzida a 10 de Julho, sendo que a sua aplicação já havia sido suspendida em Abril.

A associação comercial das ilhas Terceira, S. Jorge e Graciosa refere no documento que "os açorianos já são amplamente prejudicados pelo elevado preço das passagens aéreas, pelo facto das obrigações de serviço público não permitirem a aplicação de campanhas promocionais às viagens dos Açores para a Europa, sendo agora novamente penalizados pela aplicação desta sobretaxa".

Além disso, o comunicado salienta que “o preço do crude continua a baixar” e recorda a “crise económica e financeira existente e o abaixamento do fluxo turístico para a Região” para concluir que o “agravamento do preço da passagem irá ainda prejudicar o desenvolvimento turístico e económico dos Açores”.

As preocupações são igualmente extensíveis ao aumento nas sobretaxas aplicadas ao transporte de mercadorias.

Esta foi a forma encontrada pela CCAH, para apelar às companhias aéreas que “revejam a sua posição” e que a Secretaria Regional de Economia “garanta que há uma vontade política” para alterar a situação.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos