Economia

Preço das viagens aéreas para as ilhas de menor dimensão baixará 17%

  • 1 de Julho de 2009
  • 211 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 05:10
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A informação foi avançada pelo secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, que falava na Graciosa.

Vasco Cordeiro, que falava na apresentação do projecto de construção das instalações que irão acolher os bombeiros do aeródromo graciosense defendeu que o "esforço de melhoria das acessibilidades não é dirigido apenas para as ilhas de maior dimensão, mas sim para todas as ilhas da Região”.

Segundo Vasco Cordeiro, “estas não são medidas abstractas”, mas antes “medidas que terão um impacto muito positivo na vida das pessoas”, referiu o secretário regional.

Entre as novas potencialidades, Vasco Cordeiro destacou aquelas que serão geradas pela entrada em vigor, a partir do próximo mês de Outubro, das novas obrigações de serviço público para o transporte aéreo inter-ilhas. Segundo avançou, estas novas regras “contemplam uma redução efectiva das tarifas, em cerca de 17% para as ilhas de menor dimensão, a criação de tarifas especiais dirigidas para as famílias numerosas e um novo modelo para a tarifa de estudante, que passa a estar ligada à tarifa de residente e não à tarifa económica como até aqui acontecia”.

Outro dos exemplos apontados por Vasco Cordeiro foi o da renovação da frota da Sata que, no caso da Graciosa, que irá permitir “um aumento significativo da capacidade, quer de passageiros, quer de carga, com todas as vantagens que daí advirão para a Graciosa”.

Referindo-se em específico àquela ilha, Vasco Cordeiro adiantou que “o Governo dos Açores tem em curso um conjunto muito significativo de investimentos”, como é o caso do novo hotel, as obras que decorrem nas Termas do Carapacho, ou as intervenções nos portos de pescas e de passageiros da Praia.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos