Economia

Restauração terceirense em roteiro bilingue

  • 27 de Junho de 2009
  • 239 Visualizações, Última Leitura a 21 Novembro 2017 às 15:32
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Roteiro Gastronómico da Ilha Terceira, bilingue português/inglês, cuja apresentação pública terá lugar no próximo dia 30 de Junho, na Quinta das Mercês, reúne dados informativos – localização, contactos, lugares disponíveis, especialidade da casa, e horário de funcionamento – sobre 33 restaurantes localizados nos concelhos de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória.
 
Trata-se de uma iniciativa conjunta da Delegação de Turismo da Ilha Terceira (DTT), Associação Regional de Turismo (ART) e Municípios de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, que visa, sobretudo, trazer uma nova dinamização ao sector da restauração local junto de turistas, visitantes e população em geral, bem como incentivar o consumo dos produtos regionais.

“Assim terão melhor acesso à oferta gastronómica que temos cá, além de que, com base nessa oferta, contribuirá para a qualidade e melhoramento dos serviços [da restauração]”, considera o director da ART. E continua: “Porque para constar neste roteiro é necessário obedecer a vários critérios, como utilizar os produtos regionais”, justifica.

Este projecto, segundo José Toste, surge no sentido de “colmatar uma lacuna” não raras as vezes identificada por turistas e visitantes. “Uma das críticas que nós temos recebido de quem nos visita é que muitas vezes não encontram nos restaurantes os produtos regionais que gostariam de encontrar”, revela.  

Os guias irão estar disponíveis ao público nos postos de informação turística da DTT, quiosques da ART, e unidades hoteleiras, a título gratuito. 
 
Concursos gastronómicos
 
De acordo com o director da ART, a promoção e inovação do sector da restauração na ilha Terceira irá prosseguir, logo após o lançamento deste roteiro, ao longo do corrente ano e início do próximo, com actividades que prevêem a realização de acções de formação, mostras e concursos gastronómicos.

Essas iniciativas, que envolvem as entidades oficiais bem como a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH), menciona José Toste, poderão incluir aprendizagens de gestão – elaborar uma carta, dividir e distinguir os produtos –, serviço de atendimento ao público, e confecção dos pratos – apresentação e inovação. “Durante determinado período poderá realizar-se concursos temáticos, como melhor entrada ou melhor sopa, entre os restaurantes que constam no guia”, explica o director da ART, sustentando que as actividades propostas pretendem “dinamizar e incentivar a restauração e atrair também a população local”.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos