Economia

Energias renováveis podem vir a abastecer a ilha Graciosa

  • 18 de Junho de 2009
  • 223 Visualizações, Última Leitura a 18 Agosto 2017 às 21:51
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Uma empresa alemã vai simular, em Berlim, a exploração do sistema eléctrico da Graciosa, numa experiência inédita que visa desenvolver um projecto que permita o fornecimento de electricidade “quase totalmente” com origem nas energias renováveis.

“Trata-se de demonstrar ao mundo que é possível num pequeno sistema eléctrico ter uma penetração de energia renovável próxima dos 100 por cento”, revelou ontem, à agência Lusa, Francisco Botelho, administrador da Empresa de Electricidade dos Açores (EDA).

A demonstração começa a 2 de Julho numa “espécie de laboratório” instalado num pavilhão com cerca de 1.200 metros quadrados.

Neste espaço, segundo Francisco Botelho, vão estar instalados vários equipamentos, de última geração, com grande capacidade de armazenamento de energia, e um grupo termoeléctrico a gasóleo, semelhante ao que existe na Graciosa, um complemento da produção renovável.

A estes equipamentos juntam-se simuladores de produção eólica e do consumo de energia eléctrica na ilha.

De acordo com Francisco Botelho, “caso se conclua pela viabilidade deste projecto”, este poderá vir a ser instalado na Graciosa e noutras ilhas do arquipélago, “aumentando a penetração das energias renováveis”.

O investimento da demonstração é da responsabilidade da empresa alemã, cabendo à EDA fornecer informação real sobre os consumos de energia eléctrica na Graciosa.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos