Economia

Hotéis açorianos registaram menos dormidas em Abril

  • 17 de Junho de 2009
  • 246 Visualizações, Última Leitura a 21 Outubro 2017 às 00:12
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os estabelecimentos hoteleiros da Região registaram, em Abril, um decréscimo homólogo de 1,8%, o que se traduz em 91,4 mil dormidas e a uma taxa de ocupação-cama de 35,5%. Uma tendência que se tem vindo a manter desde o início do ano, já que, de acordo com os dados do Serviço Regional de Estatística (SREA), de Janeiro a Abril deste ano, as dormidas, nos mesmos estabelecimentos, registaram uma variação negativa de 4,5%, face a igual período de 2008. Para este decréscimo contribuiu a diminuição das dormidas dos residentes em Portugal (11,8%).

Se os dados forem analisados por ilhas, o cenário é diverge, na medida em que em S. Jorge e Santa Maria se registaram acréscimos homólogos acumulados, respectivamente 21,1% e 20,9%. As ilhas da Graciosa, Flores, Faial, Pico, S. Miguel e Terceira, registaram decréscimos homólogos acumulados, respectivamente de, 32,7%, 28,3%, 7,5%, 5,5%, 4,9% e 1,6%. No que diz respeito a S. Miguel, esta ilha concentrou 71,6% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira (14,2%) e o Faial (6,3%).

Em relação aos proveitos nos estabelecimentos hoteleiros, de Janeiro a Abril de 2009, foram atingidos mais de 10,3 milhões de euros, o que corresponde a uma variação homóloga negativa de 3,4%. Neste período, o rendimento médio por quarto (Revenue Per Available Room) foi de 14,7 euros, correspondendo também a uma variação homóloga negativa de 5,8%.

As ilhas de S. Miguel, Terceira e Faial foram as que maior peso tiveram nos proveitos totais, respectivamente com 69,1%, 15,4% e 7,9%.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos