Economia

Sector da construção português com sinais positivos em Março

  • 19 de Maio de 2009
  • 220 Visualizações, Última Leitura a 17 Agosto 2017 às 11:45
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O sector da construção, em Portugal, apresentou sinais de desagravamento em Março, na comparação com o mesmo mês do ano passado e na variação em cadeia, revelam os indicadores qualitativos divulgados hoje pelo Eurostat, distanciando-se da tendência depressiva do resto da União Europeia e da zona euro.

Da leitura dos dados não é clara ainda uma linha de rumo do sector da construção no terceiro mês do ano, apesar dos esforços políticos para acelerar o programa de obras públicas como resposta à recessão que se implantou em Portugal e no resto da Europa comunitária.

Para Portugal, a produção homóloga caiu 1,5 por cento e demonstrou uma tendência menos negativa do que a queda de 6,2 por cento observada nos dois meses anteriores.

Na variação em cadeia, o movimento até é de melhoria pelo segundo mês consecutivo. Em Março, a produção mensal expandiu-se 3,8 por cento e seguiu-se ao incremento de 0,4 por cento verificado no mês anterior.

Entre Novembro do ano passado e Janeiro deste ano, a produção do sector foi sempre negativa, tanto na variação mensal, como na variação homóloga.

Na zona euro, a produção contraiu-se um por cento em cadeia e 8,7 por cento em relação a Março de 2008, conclui ainda o Eurostat. Este número homólogo (8,7 por cento) traduz uma quase estabilidade em relação aos dois meses anteriores (8,6 por cento em Fevereiro e 8,9 por cento em Janeiro).

Na União Europeia, a variação é igualmente negativa e não difere muito do comportamento que se assistiu no espaço dos países do euro. A produção caiu 10,5 e 2,1 por cento, respectivamente homólogo e em cadeia.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos