Economia

Viagens aéreas entre ilhas mais baratas a partir de Outubro

  • 5 de Maio de 2009
  • 229 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 10:50
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, anunciou hoje uma redução entre 17 e 15 por cento nas tarifas das viagens aéreas entre as ilhas do arquipélago, que entra em vigor a 01 de Outubro.

Nas ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Flores e Corvo, as denominadas 'ilhas da coesão', as tarifas aéreas vão cair 17 por cento, enquanto nas restantes ilhas do arquipélago a quebra será de 15 por cento.

"É uma medida importante e que terá certamente grande repercussão", afirmou Carlos César, que falava na cerimónia de lançamento da primeira pedra das obras de construção do armazém de material de placa e de arranjos envolventes do Aeroporto do Pico.

Ainda em matéria de tarifário, também entra em vigor a 01 de Outubro uma nova tarifa, direccionada para as famílias numerosas, que prevê um desconto de 20 por cento sobre a tabela aplicada aos residentes.

Por outro lado, as tarifas promocionais para residentes serão alargadas a todo o ano, com um desconto mínimo de 30 por cento sobre a tarifa de residente.

O governo regional, segundo Carlos César, está ainda a estudar a introdução de um desconto para estudantes, destinado às famílias açorianas que têm filhos a estudar numa ilha diferente daquela em que residem.

"Todas estas alterações representam um grande esforço do Governo e da SATA", frisou o líder regional, salientando a vontade de "servir melhor os açorianos de todas as ilhas".

Relativamente às obras hoje lançadas no Aeroporto do Pico, Carlos César salientou que se inserem no empenhamento do executivo que "visa conferir facilidade e sustentação ao desenvolvimento económico e social em todas as ilhas".

"Os cerca de um milhão de euros envolvidos nestas duas empreitadas juntam-se aos 24 milhões já investidos, desde 2002, neste aeroporto", afirmou, recordando as obras da nova pista, a montagem do sistema de iluminação, a construção da placa de estacionamento de aeronaves, entre outros investimentos.

Segundo Carlos César, o Pico dispõe actualmente de "um aeroporto moderno, com grandes potencialidades e capacidades, concebido para corresponder a desafios que ainda estão para além da sua utilização actual, mas que se prefiguram com toda a probabilidade".

O Aeroporto do Pico movimenta actualmente cerca de 58 mil passageiros por ano e um volume de carga de 410 toneladas anuais.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos