Economia

Produção industrial menos negativa em Março

  • 30 de Abril de 2009
  • 268 Visualizações, Última Leitura a 24 Outubro 2017 às 10:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A produção industrial foi menos negativa em Março do que no mês anterior, beneficiando do comportamento menos pessimista de todas as suas componentes, em especial do sector energético, o único a crescer.

O índice caiu 7,6 por cento, quase metade do decréscimo de 15,2 por cento verificado em Fevereiro, na comparação homóloga, indicou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O agrupamento de energia progrediu 9,1 por cento em Março, em relação ao mesmo mês de 2008, um avanço relevante em comparação à progressão de 3,6 por cento de Fevereiro.

No entanto, a dinâmica apresentada no segmento energético não teve correspondência nos restantes agrupamentos. Nos bens de investimento, o índice caiu 13,3 por cento em Março (-20,2 em Fevereiro), certamente sob a influência do encerramento ou suspensão da produção de dezenas de fábricas um pouco por todo o país.

Nos agrupamentos de bens de investimento e de bens de consumo, a contracção homóloga foi igualmente relevante (-13 e -5,8 por cento, respectivamente). Em Fevereiro, tinha sido de -10,4 e -9,4 por cento, pela mesma ordem.

Na análise segmentada, a produção na indústria transformadora desceu 11,6 por cento em Março, face a Março de 2008, uma tendência ainda assim menos gravosa do que o recuo de 20,8 por cento observado neste índice em Fevereiro.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos