Economia

Banco Central Europeu admite comprar dívida às empresas

  • 27 de Março de 2009
  • 282 Visualizações, Última Leitura a 23 Novembro 2017 às 18:29
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Banco Central Europeu (BCE) admite começar a comprar dívida às empresas de modo a combater a recessão na economia da zona euro. A possibilidade, levantada ontem pelo vice-presidente da instituição, Lucas Papademos, mostra que o BCE está disposto a dar passos mais agressivos no estímulo às economias.

Falando numa cimeira em Bruxelas, Lucas Papademos disse que o BCE está a considerar a hipótese de adquirir “obrigações do sector privado no mercado secundário de forma a injectar liquidez e melhorar o custo do financiamento”. Contudo, reitera o vice-presidente do banco central, nenhuma decisão foi tomada até ao momento.

Paralelamente, o BCE está a considerar aumentar a maturidade dos seus empréstimos aos bancos para além dos seis meses, de modo a atenuar os problemas de financiamento das empresas.

Dados divulgados ontem pelo banco central europeu mostram que as companhias se debatem com crescentes dificuldades no acesso ao crédito bancário. Os empréstimos às empresas caíram cerca de quatro mil milhões de euros em Fevereiro, a segunda queda em três meses.

Até ao momento, os esforços do BCE no combate à recessão têm-se centrado sobretudo em reanimar o fluxo dos financiamentos bancários e no corte das taxas de juro, que desceram já 2,75 por cento desde Outubro.

Vários empresários e economistas têm defendido que isto não chega e que o BCE deveria seguir o exemplo de outros bancos centrais – como a Reserva Federal norte-americana ou o Banco de Inglaterra – e comprar activos.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos