Economia

Açores com inflação mais alta

  • 18 de Março de 2009
  • 227 Visualizações, Última Leitura a 19 Agosto 2017 às 18:35
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A taxa de inflação nos Açores continua a ser mais elevada que a inflação média do país, que durante o mês de Fevereiro voltou a registar uma descida. Na Região a inflação manteve-se nos 3% enquanto que no resto do país desceu para os 2,1%.

Os preços dos produtos continuam, igualmente, mais elevados.

As maiores variações verificaram-se nas classes “produtos alimentares e bebidas não alcoólicas”(6,2%)e “educação” (4,3%). Em baixa está apenas a classe “Vestuário e calçado” com 0,5%.

A taxa de variação homóloga do mês de Fevereiro, nos Açores, fixou-se nos 2,3%, tendo a nacional atingido 0,2%. A taxa de variação mensal foi 0,1% nos Açores e 0,0% no total do país.

Tal como Lisboa, que registou a mesma inflação homóloga, é possível que a Região possa entrar em terreno negativo nos próximos meses dada a sua variação estar próxima do nulo.

Neste mês de Fevereiro e, de acordo com o INE, três regiões entraram já no vermelho, acentuando-se a tendência de desinflação que se regista em toda a Europa, fruto da crise económica mundial.

A existência de inflação negativa não é sinónimo de deflação, estando inclusive afastado o cenário de uma quebra generalizada dos preços, por um período prolongado.

A deflação, tecnicamente, implica uma quebra acentuada e prolongada dos preços, associada à diminuição do consumo, da produção e dos salários e ao aumento do desemprego.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos