Economia

Energias renováveis essenciais para as ilhas

  • 6 de Março de 2009
  • 233 Visualizações, Última Leitura a 18 Agosto 2017 às 07:02
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A II Cimeira Transatlântica de Energias Renováveis, que terá lugar de 02 a 04 de Abril, no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo, tem como terá como um dos principais temas de debate a implementação de sistemas de produção de “energia verde” em ilhas como os Açores.

Partindo da discussão em torno nas medidas necessárias para tornar o mundo mais “verde”, governantes, industriais e académicos vão abordar aspectos relacionados com a produção de energia renováveis.

Para o presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Sandro Paim, “é urgente pôr em prática um plano que altere as formas de produção de energia. Está na hora de aplicar as tecnologias que temos, e que surgem a cada dia, na melhoria e eficácia da sustentabilidade das populações”.

De acordo com Sandro Paim, “os Açores têm uma condição privilegiada para se tornarem um exemplo no âmbito do projecto “Green Island”. É tempo de pôr em prática tudo o que sabemos”.

OBJECTIVOS

Segundo a organização, os objectivos da conferência prendem-se com a abordagem “à concepção e operacionalização de redes integradas de distribuição de energias renováveis e a sua contribuição para o desenvolvimento sustentável das regiões. Os Açores, pela abundância de recursos naturais, têm condições para a produção de energia solar e eólica, geotérmica e hidráulica, biomassa e energias marítimas”.

Para que a implementação destas novas formas de energia seja bem sucedida os promotores da conferência considera que “é necessária a criação de uma rede de partilha eficaz para a troca de informação sobre investigação científica e actividades tecnológicas de ponta. É também imperativo que proliferem novas actividades empresariais capazes de criar valor, promover a criação de postos de emprego e o desenvolvimento concertado das regiões. É depois preciso, de forma a fechar o ciclo, formar os recursos humanos disponíveis a nível local, para que contribuam para uma sociedade mais sustentada”.

Trata-se de uma iniciativa promovida pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo com o apoio do MIT Portugal e Governo Regional que vai contar com a participação do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos