Economia

Açores quer consolidar "ao máximo" mercados onde já conseguiu notoriedade

  • 22 de Janeiro de 2009
  • 340 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 16:26
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O objectivo dos Açores para o turismo em 2009 é consolidar "ao máximo" os mercados onde já conseguiu notoriedade, como Alemanha e Reino Unido, principalmente em alguns produtos, tendo em conta a crise internacional, disseram hoje responsáveis do Governo Regional.

O secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, que falava numa conferência no âmbito da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), afirmou que a meta é "consolidar ao máximo" a posição obtida em alguns países, mas admite que "não está excluída a abordagem a novos mercados" em termos de promoção.

Numa conferência de imprensa de apresentação do novo plano estratégico para o turismo, Vasco Cordeiro defendeu que "a orientação é tentar consolidar ao máximo" o que a região têm.

"Mas temos capacidade para crescer em algumas áreas e não [devemos] dispersar recursos face a uma conjuntura internacional que não é favorável", afirmou.

"A abordagem tem de ser realista, não podemos considerar que será um ano maravilha", especificou, frisando, no entanto, que a subida de 4,6 por cento das dormidas no Açores, em Novembro, "mostra que as medidas tomadas tiveram efeitos".

"Pretendemos aumentar a focagem em determinados nichos de mercado mais sensíveis a produtos em que os Açores têm um potencial elevado e onde já conseguiu notoriedade", como o Whale Watching, mergulho, vulcanologia, turismo natureza, percursos pedestres, exemplificou o responsável.

A presidente da Associação do Turismo dos Açores, Cristina Ávila, especificou que será reforçada a actuação promocional em mercados como o Reino Unido ou Alemanha, mas sem descurar os países do norte da Europa, Itália, França e Irlanda, além dos EUA e Canadá.

Por outro lado, Cristina Ávila reconheceu que a estratégia para o mercado nacional tem de ser forte por ser um mercado de proximidade em que os Açores também apostam.

O secretário regional da Economia salientou também a necessidade de "concertação" dos esforços de todas entidades, públicas e privadas, dos transportes às restantes áreas, na promoção dos Açores sendo que "o objectivo é ter mais turistas, [mas] as formas para lá chegar podem ser diferenciadas".

Recordando a importância do transporte aéreo para o turismo dos Açores, Vasco Cordeiro respondeu a algumas questões dos jornalistas sobre as políticas da SATA, dizendo que a companhia "tem feito um esforço considerável" e está a preparar novos produtos para oferecer ao mercado do continente e dos também dos residentes.

A BTL está a decorrer em Lisboa até domingo.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos