Economia

DE 4 A 6 DE JULHO - Viver Culturas na feira da Praia

  • 6 de Junho de 2008
  • 307 Visualizações, Última Leitura a 23 Setembro 2017 às 02:02
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Gastronomia, turismo e serviços são áreas em promoção na III edição da Feira Viver Culturas, que se realiza na cidade da Praia da Vitória de 4 a 6 de Julho.

O fenómeno recente da imigração tomou contornos significativos, se tivermos em conta que representa cerca de 2,2 por cento da população residente no Arquipélago, num total de cerca de 50 nacionalidades diferentes.

O regresso dos emigrantes, independentemente das razões que os motivam também tem registado um movimento assinalável.

A Feira Viver Culturas, iniciativa da Direcção Regional das Comunidades em colaboração com a autarquia local, tem como objectivos a convergência de açorianos, emigrantes e imigrantes na Região, contribuir para o conhecimento intercultural; contribuir para a paz mundial, combatendo o racismo e a xenofobia, bem como divulgar os Açores, demonstrando a sua riqueza social, económica, política. Estes objectivos fundamentaram a realização da 1ª edição da Feira Viver Culturas, na Ribeira Grande, em 2006 e na Horta, em 2007 e agora na Praia da Vitória.

Para a directora regional das Comunidades, Alzira Silva, o evento pretende espelhar “o impacto” que o fenómeno das migrações tem nas comunidades locais, permitindo a “interacção” com as populações “que contribuem para a nossa interculturalidade”. 

“Após séculos de uma emigração oscilante, os Açores passaram de uma região emigratória para uma imigratória. Actualmente os estrangeiros a residir na Região representam várias nacionalidades”, apontou.

Alzira Silva sublinhou o reforço da participação de mais entidades no evento, como forma de comemorar o Ano Europeu do Diálogo Intercultural, assinalado este ano.

Entre as várias actividades previstas, destaca-se a tela “Juntos na Diversidade”, um painel de grandes dimensões no qual os visitantes serão convidados a deixar a marca da sua mão.

Animação intercultural

A tenda, instalada junto à Marina, vai reunir zonas de restauração, pavilhões e serviços representativos das diferentes nacionalidades presentes, como Brasil, Cabo Verde, Angola, Guiné-Bissau, Alemanha, Moldávia, República da Coreia, São Tomé e Príncipe, Bangladesh.

Além do espaço da restauração “Sabores entre Culturas”, as actuações musicais serão uma constante ao longo dos três dias de feira. No dia de abertura actuam os “Ronda das Nove” dos Açores (21h00) e “Ferro Gaita” de Cabo Verde.

No sábado a animação estará a cargo dos americanos “Wings of Dixie” e do Grupo de Danças AESTPC de S. Tomé e Príncipe. No último dia actuam os brasileiros “Nova Aliança – Capoeira; Bucovina (Roménia) e do Brasileiro “Maninho”.      

Na gastronomia estão previstos oito espaços com sabores dos Açores; Alemanha; Angola; Bangladesh; Brasil; Cabo Verde; São Tomé e Príncipe e Guiné.

Praia aposta em grandes eventos

Para além do factor de promoção da cidade de Vitorino Nemésio, a autarquia garante que existe uma capacidade logística instalada que permite apoiar eventos desta natureza.

A Feira será na tenda junto à Marina e os espectáculos musicais no palco da Marina.

Roberto Monteiro, presidente do município, explica que vai aproveitar a presença de várias embaixadas para promover o concelho e as suas actividades.

Este evento realiza-se numa boa altura, entre as Sanjoaninas e Festas da Praia, o que permite uma animação diferente da cidade nesta época de Verão.

O autarca assume mesmo que o espaço da Marina está vocacionado para este tipo de eventos e destaca “actividades como: o Outono Vivo; a Feira Gastronómica; a Semana Académica e Feira do Emprego enquadram-se no tipo de acções que pretendemos para a cidade”     

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos