Economia

Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo quer mais apoios para empresas

  • 10 de Março de 2011
  • 277 Visualizações, Última Leitura a 22 Novembro 2017 às 16:35
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) defendeu hoje a “urgência” de novas medidas conjunturais de apoio às empresas, nomeadamente para reestruturação da dívida e para fundo de maneio.

“É essencial e urgente o lançamento de um novo pacote de medida conjunturais que permita controlar o nível dos encargos financeiros das empresas, que disponibilize fundo maneio para fazer face a necessidades de tesouraria imediatas, bem como permita perspectivar o investimento necessário para o aumento da competitividade das empresas e da economia”, defende a CCAH num comunicado hoje divulgado.

Esta organização empresarial recorda que “2011 será um ano muito difícil”, tendo em conta a previsão de recessão, a falta de liquidez da banca e dos empresários, o previsível aumento da Euribor e os baixos níveis de confiança dos consumidores.

A defesa do lançamento de novas linhas de apoio conjuntural surge na sequência dos contactos que a CCAH tem mantido nos últimos meses com empresários e com a banca e pretende “mitigar as dificuldades de tesouraria e fundo de maneio”.

“Estas linhas devem ter como principal preocupação o facto de as empresas não conseguirem neste momento assumir os seus compromissos junto da banca, bem como com os fornecedores”, acrescenta esta câmara de comércio.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos