Economia

Novas regras fazem subir taxas de reinspecção nos automóveis

  • 9 de Março de 2011
  • 281 Visualizações, Última Leitura a 23 Setembro 2017 às 09:07
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Um em cada três automóveis ligeiros não passa à primeira na inspecção obrigatória nos Açores.

A percentagem de ‘chumbos’ oscilava tradicionalmente entre os 25 e os 30 por cento, mas tem vindo a subir desde 2007, altura em que deixou de ser obrigatória a inspecção anual aos automóveis a partir dos oito anos, inspecção essa que passou a ser feita de dois em dois anos.

No ano passado e segundo o último relatório do Governo Regional relativo às inspecções de veículos nos Açores, a percentagem de automóveis ligeiros que não passaram na inspecção à primeira foi de 34 por cento, uma percentagem que sobe para 47 por cento nos veículos pesados e que ultrapassa mesmo a metade nos camiões de maiores dimensões - os tractores (55% de ‘chumbos’ à primeira inspecção) com reboque (35% de ‘chumbos’ à primeira inspecção).

Nos veículos ligeiros, são sobretudo os de mercadorias que mais ‘chumbam’ nas inspecções, devido ao seu maior desgaste, sendo essa também a principal razão da grande incidência de ‘chumbos’ nos veículos pesados e tractores com reboque.

Quanto às causas dos ‘chumbos’, estas devem-se em primeiro lugar ao sistema eléctrico e de luzes, em segundo lugar à emissão de poluentes e em terceiro a problemas nos eixos e suspensão dos veículos.

Curiosamente, ao contrário dos pesados e tractores com reboque ou mesmo dos veículos ligeiros, os tractores agrícolas até apresentam taxas de reinspecção baixas (apenas de 9 por cento em 2010), apesar de serem muito utilizados nos Açores, onde andam regularmente pelas estradas, ao contrário do que acontece noutras regiões ou países, onde os tractores agrícolas quase não saem das quintas.

Nos motociclos (6,3%) e nos ciclomotores (9%) a taxa de ‘chumbos’ nas primeiras inspecções também não é significativa, se comparada com as dos automóveis.

No ano passado e segundo o último relatório do Governo Regional relativo às inspecções de veículos nos Açores, foram inspeccionadas mais de 90 mil viaturas na Região, um número que tem sido mais significativo nos anos pares, desde que deixou de ser obrigatória a inspecção anual nos veículos mais antigos. São Miguel, com mais de 43 mil viaturas inspeccionadas, é a ilha com mais inspecções, reunindo quase metade do parque automóvel inspeccionado do arquipélago.

Quanto às percentagens de ‘chumbos’ nas primeiras inspecções, englobando todos os tipos de veículos, é curioso notar que é em São Miguel que se verifica a mais baixa taxa de reinspecções nos Açores (29% dos veículos inspeccionados), quando em ilhas como São Jorge (44%) e Pico (43%) a percentagem global de ‘chumbos’ após primeira inspecção é bastante superior. Na Terceira, a percentagem de reinspecções foi de 37%, seguindo-se o Faial (35%), Santa Maria (32%) e por fim a Graciosa, com 30% de reinspecções.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos