Economia

Vice-presidente do município de Angra do Heroísmo renuncia ao mandato

  • 27 de Maio de 2008
  • 333 Visualizações, Última Leitura a 23 Setembro 2017 às 10:52
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

 

 

O vice-presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Luís Mendes, anunciou a renúncia ao cargo, alegando "razões pessoais e principalmente de motivação".

 

 

Luís Mendes renuncia ao cargo 48 horas depois de o presidente da autarquia, José Pedro Cardoso, ter anunciado a sua demissão de funções.

    "Não entendam esta renúncia nem como um acto ou jogada política de solidariedade, ou falta dela, para com o presidente demissionário, nem de afronta ao Partido Socialista em cujas listas, como independente fui eleito", explicou Luís Mendes, numa conferência de imprensa.

    Luís Mendes sublinhou que os seus "colaboradores mais próximos já sabiam" que "não tencionava fazer mais do que este terceiro mandato que termina em 2009".

    "Não esperava terminar tão cedo, mas como o meu compromisso era, primeiramente, com o presidente que me convidou para as funções e com quem tinha um plano de trabalho, entendi que devia também sair", disse o vereador.

    Luís Mendes abandona também as funções de presidente do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados da autarquia.

    O vice-presidente demissionário assegurou que "não existe qualquer diferendo ou antipatia com a próxima titular do cargo de presidente", a actual directora regional da Solidariedade e Segurança Social.

    "Para além das razões que já apresentei, quero fazer notar que vem aí uma nova legislação para as obras e a nova lei da contratação pública, o que faz com que os períodos de motivação, nessa altura, não sejam os mais elevados", acrescentou.

    Andreia Cardoso, 32 anos, toma posse como presidente da autarquia no dia 11 de Junho, data em que abandona as funções de directora regional da Solidariedade e Segurança Social, que vinha a exercer no Executivo de Carlos César.

    Para além de Andreia Cardoso tomam também posse nos lugares vagos na vereação Miguel Borba e João Leonardo, eleitos pelo PS, que é maioritário nesta autarquia da ilha Terceira.

    O presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, José Pedro Cardoso, anunciou domingo que renuncia, a partir de 11 de Junho, ao cargo para que foi eleito em 2005 nas listas do Partido Socialista.

    “A longevidade na actividade autárquica ao longo de 22 anos, primeiro na oposição e depois como vice-presidente em dois mandatos e como presidente no actual sublinham a necessidade de dar o lugar a uma nova geração”, justificou José Pedro Cardo

 

 

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos