Economia

"Pacote de medidas" para apoiar empresas

  • 28 de Dezembro de 2010
  • 255 Visualizações, Última Leitura a 23 Outubro 2017 às 11:00
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Governo Regional vai lançar, no início do próximo ano, um "pacote de medidas" destinadas a apoiar as empresas regionais a enfrentarem as dificuldades.

O vice-presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, disse ontem que as medidas destinam-se a "dar mais competitividade relativa" às empresas açorianas com apoios para estimular o aumento das exportações e diminuir as importações.

"Atendendo à especificidade regional, vamos lançar um pacote de medidas reforçado que cumpra os objetivos de aumentar a competitividade das empresas açorianas, de incrementar a capacidade de exportação e de melhorar significativamente a sua capacidade de financiamento", disse.

Sérgio Ávila adiantou que as medidas que estão a ser preparadas incidem, sobretudo, no acesso ao financiamento da banca por parte das empresas regionais em condições mais favoráveis da que vão estar em vigor no mercado.

De acordo com o vice-presidente do Governo Regional, o "pacote de medidas" a implementar nos Açores incluirá respostas à "grande preocupação que é o financiamento das empresas e dos seus investimentos, à facilitação de negócios e à criação de novos mercado".

Por outro lado, Sérgio Ávila referiu que o executivo açoriano pretende aplicar ou adaptar à realidade regional algumas das 50 medidas anunciadas a 15 de dezembro pelo Governo da República para impulsionar a economia portuguesa, acrescentando-lhe "um conjunto vasto de outras que as possam potenciar e reforçar".

Entre as medidas anunciadas pelo executivo de José Sócrates figuram iniciativas de apoio às empresas exportadoras, de intervenção no mercado de trabalho, de simplificação administrativa, dinamização do mercado de arrendamento e de combate à fraude fiscal.

Empresários satisfeitos

Entretanto, o presidente da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, Sandro Paim, congratulou-se com a intenção do Governo Regional em avançar com algumas das medidas que os empresários sugeriram num fórum realizado no passado mês de setembro na ilha do Pico.

"Algumas das dez medidas que foram propostas nesse encontro estão previstas nas que o Governo da República quer o Governo Regional pretendem adotar para apoiar as empresas numa altura de crise", referiu.
Sandro Paim espera que as medidas a implementar possam contribuir para que as empresas açorianas possam tornar-se mais competitivas.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos