Economia

Satisfação pela manutenção do investimento público regional

  • 20 de Outubro de 2010
  • 249 Visualizações, Última Leitura a 17 Dezembro 2017 às 21:16
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores expressou ontem satisfação pela manutenção do investimento público regional para 2011 revelada pelo executivo açoriano, apesar das medidas de austeridade anunciadas pelo Governo da República.

Os investimentos directos da administração regional anunciados para o próximo ano atingem 500 milhões de euros, montante que Sandro Paim considerou “importante para impedir a contracção da economia” regional.

“O melhor seria crescer, mas não havendo decréscimo já é positivo”, acrescentou o presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores, em declarações à Lusa.

O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, revelou no sábado que o facto de a proposta de OE2011 cumprir "integralmente" a Lei das Finanças Regionais permite à região manter o nível de investimento público previsto para o próximo ano.

"A aprovação do OE nos termos propostos vai permitir a manutenção do nível de investimento público previsto” na anteproposta de plano regional para 2011, num total de 500 milhões de euros de investimento directo do governo regional, acrescentou, na altura, Carlos César.

Nas declarações que ontem prestou à Lusa, Sandro Paim sublinhou, no entanto, a necessidade de concentrar os investimentos do sector público no financiamento de projectos com “impacto nos sectores reprodutivos”.

Na actual conjuntura importa apostar na produção de “bens transaccionáveis e na redução das importações”, defendeu, alegando que a criação de emprego está dependente do desempenho do sector privado.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores alertou também para a necessidade de “baixar os custos de contexto” da economia açoriana, admitindo que as medidas orçamentais anunciadas pelo Governo da República perspectivam melhorias nas condições de financiamento das empresas, apesar dos seus efeitos negativos no consumidor.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos