Economia

Governo prepara medidas para acompanhamento e valorização de jovens licenciados

  • 16 de Setembro de 2010
  • 154 Visualizações, Última Leitura a 26 Setembro 2017 às 02:09
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Tal como previsto no Plano Regional do Emprego para os Açores para 2010 – 2015, PREA 10-15, cujo processo de auscultação dos parceiros sociais e do Conselho Regional de Concertação Estratégica se encontra agora concluído, o Governo dos Açores pretende implementar um programa de reconversão, monitorização, acompanhamento e valorização de jovens licenciados.

Este programa, constituído por quatro componentes, promoverá a reconversão de licenciados desempregados para áreas de maior empregabilidade, através da frequência de pós-graduações ou mestrados; criará bolsas para o segundo ciclo do ensino superior, em consonância com o Decreto Legislativo Regional  nº 17/2008, para áreas de nítida carência de profissionais na Região Autónoma dos Açores; efectuará a monitorização, pelo Observatório do Emprego e Formação Profissional, da situação dos licenciados e mestres antes e depois de concluir a licenciatura; instituirá um prémio de boas práticas empresariais na integração e valorização de jovens licenciados.

Este programa surge no prolongamento de uma estratégia global que visa por um lado o aumento da empregabilidade e, por outro, procura minimizar os efeitos negativos do desemprego.

Neste conjunto de políticas activas para o emprego o Governo dos Açores já tem em prática o financiamento de mestrados e pós-graduações de licenciados que se encontravam desempregados, bem como os Planos de Transição para a vida activa quer através do Programa Estagiar L, dirigido a jovens que tenham concluído a sua formação académica, e Estagiar U, para jovens universitários que se encontram ainda a frequentar a licenciatura, quer através de estágios na Europa, como o Eurodisseia.

Assim, frequentaram mestrados e pós-graduações, e cursos de reconversão, desde há 3 anos, mais de 80 licenciados desempregados; beneficiaram de programas Estagiar L e U, mais de 3800 jovens: tiveram uma experiência europeia um estágio através do Eurodisseia, mais de 200 jovens licenciados. De todos estes, mais de 4.000, encontram-se desempregados menos de 50.

Mas como apenas 2,5% dos desempregados são licenciados, e menos de 0,5% dos desempregados possuem cursos de formação profissional com dupla certificação (habilitação académica e certificação profissional), contra 69,7% de desempregados sem o 9º ano, o Governo dos Açores, também confere centralidade à qualificação dos desempregados, colocando-os em situação de melhoria de empregabilidade, através da aquisição de saberes práticos, de qualificação profissional relevante e de certificação de competências adquiridas ao longo da vida.

Entre 75% e 85% dos desempregados registados são objecto de apoio e acompanhamento, destacando-se, assim, os Açores, como a região com melhor acompanhamento dos seus desempregados, através de políticas activas de emprego.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos