Economia

S. Miguel à procura de mercado para a carne

  • 5 de Abril de 2008
  • 341 Visualizações, Última Leitura a 18 Outubro 2017 às 02:38
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *
A Associação Agrícola de São Miguel está a negociar com três empresas nacionais de distribuição a exportação de 12 mil cabeças de gado para o continente português. O negócio deverá ficar concluído este mês com a deslocação à ilha dos três empresários interessados.

 

O excesso de oferta de novilhos em São Miguel tem levado a que os preços da carne ao produtor “se estejam a degradar” situando-se nos dois euros por quilo de carcaça numa altura em que os custos de produção disparam pelo aumento dos preços das rações em resultado da escassez de cereais.

A Associação Agrícola pretende assegurar uma solução definitiva para o escoamento de carne para o mercado nacional. Aquilo a que Jorge Rita chama “escoar a carne de uma forma sustentada”.Para isso, necessita do comprometimento dos lavradores em assegurar a carne durante todo o ano e não apenas nos momentos de dificuldade. “Quando os preços estão mais baixos, os que pagam mais são os primeiros a não querer pagar”, a firma Jorge Rita num apelo aos agricultores para se envolverem numa solução de escoamento anual do gado. Não queremos entrar apenas periodicamente, nos períodos difíceis, no mercado na carne”.

Dirigentes da Associação Agrícola estão na comitiva do Governo Regional que inicia amanhã uma visita a Cabo Verde e um dos seus objectivos é procurar mercado para a carne açoriana, elucidou Jorge Rita.

 

 

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos