Economia

Região procura reforçar credibilidade internacional

  • 2 de Abril de 2008
  • 322 Visualizações, Última Leitura a 18 Outubro 2017 às 03:03
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

 

 

 

 

 

Com a certificação internacional das Finanças Públicas Regionais (Rating) por parte da Agência de Notação Moody’s os Açores adquirem nova capacidade para renegociar o crédito já existente assim como reforçam a credibilidade das suas contas públicas no contexto internacional.

 

Ontem, o vice-presidente do Governo, Sérgio Ávila, esteve reunido em Ponta Delgada com representantes da Moody’s com vista a avaliação das finanças públicas da Região.

Aos jornalistas Sérgio Ávila transmitiu estar confiante que a Região Autónoma possa reeditar a notação (classificação) que obteve em 2005 reforçando a credibilidade das suas finanças públicas a nível internacional.

Sérgio Ávila tem pela frente a tarefa de demonstrar à Moody’s que os Açores respiram saúde financeira. “Os avales concedidos pela Região estão a reduzir, a dívida pública directa a manter-se, as receitas próprias a aumentar, as transferências do Orçamento de Estado e da União Europeia vão crescer até 2013,as despesas de funcionamento da administração pública regional estão controladas, tudo isto conjugado com uma melhoria do sector público empresarial permite-nos perspectivar que do ponto de vista da avaliação internacional as finanças públicas regionais obtenham uma melhoria da classificação obtida em 2005”, explicou.

Na conversa que manteve com os jornalistas após o almoço, antes de retomar a reunião, Ávila fez questão de sublinhar o papel da Moody’s como uma das mais respeitadas e amplamente utilizadas provedoras de ratings. “A Moody’s é uma das agências de notação mais importantes do mundo”, disse.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos