Economia

Juros podem continuar em valores mínimos

  • 18 de Agosto de 2010
  • 230 Visualizações, Última Leitura a 24 Novembro 2017 às 12:46
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os juros podem continuar em mínimos por mais uns tempos. Esta é pelo menos a previsão de alguns analistas, que acreditam mesmo que o primeiro aumento só se deverá sentir no final de Setembro de 2011.

É o receio de um ano sobressalto na economia que pode manter as taxas de juro de referência pelo Banco Central Europeu.

Os economistas inquiridos pela Bloomberg, e citados pelo «Jornal de Negócios», atiram a subida dos juros para o final de Setembro do próximo ano. “O que está a acontecer é uma redução nas expectativas para a subida das taxas de juro no próximo ano. É sobretudo isso que está a marcar a evolução das Euribor”, explicou Alessandro Tentori, um estratega do BPN Paribas.

Nas últimas sessões, as taxas Euribor, que servem de indexante para o crédito à habitação, desceram, interrompendo a tendência de subida.

A esta inversão de tendência não é alheia aos indicadores macroeconómicos que, um pouco por todo lado, vêm avisar que a retoma será “modesta”, como avisou há duas semanas o presidente da Reserva Federal, Bem Bernanke.

No fundo, as contrariedades da economia fizeram regressar o receio sobre a dívida dos países soberanos.

E até lá, enquanto a recuperação não parece chegar, a subida das taxas de juros poderá ser mais lenta, e acabar por só fazer aumentar os encargos com a prestação da casa, e os empréstimos ao banco, para o próximo ano.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos