Economia

O comércio tradicional precisa de mais apoios

  • 27 de Julho de 2010
  • 257 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 12:37
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Sandro Paim, considera que a abertura dos hipermercados em horário alargado ao domingo vai implicar a necessidade de serem atribuídos apoios ao comércio tradicional.

Sandro Paim disse ontem ao DI que não é contra ao alargamento dos horários dos hipermercados ao domingo, mas alertou para as dificuldades com que se depara o comércio tradicional.

Considera que “em vez de se insistir em medidas proteccionistas deve-se permitir que as grandes superfícies possam abrir ao domingo se há mercado para que isso aconteça”.

No entanto, Sandro Paim entende que o comércio tradicional “não dispõe das mesmas armas para poder atrair clientes, por isso é preciso encontrar uma forma de apoiar os pequenos empresários que têm dificuldades acrescidas pela sua dimensão”.

Por outro lado, o líder da associação empresarial da Terceira, São Jorge e Graciosa, reconhece que terá também de haver um esforço do comércio tradicional para se adaptar às necessidades dos consumidores e do mercado.

“É preciso ter em conta que na maioria dos casos estamos perante microempresas de natureza familiar com um número de trabalhadores reduzido onde nem sempre é fácil haver flexibilidade de horários para a abertura para além do horário que está fixado. Existem constrangimentos que impedem por vezes o comércio tracional a abrir aos domingos ou em determinadas época de maior procura”, adianta.

Por outro lado, Sandro Paim entende antes de se permitir a abertura dos hipermercados em horário alargado ao domingo deve-se ter em conta as especificidades do comércio tradicional de modo a minimizar o impacto dessa medida.

 

Autarquias decidem

O decreto-lei aprovado na última reunião do Conselho de Ministros determina que compete às câmaras municipais decidirem sobre o alargamento do horário das grandes superfícies comerciais com área superior a dois mil metros quadrados aos domingos.

O diploma estabelece que as licenças para a abertura ao domingo, durante mais tempo, das grandes superfícies só pode ser autorizada pelas autarquias ser forem devidamente justificadas e tiverem em conta fatores como, por exemplo, a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e se não colocar em causa atividades profissionais.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos