Economia

César admite linha de crédito mas exige mais rigor na gestão

  • 27 de Julho de 2010
  • 236 Visualizações, Última Leitura a 24 Setembro 2017 às 12:20
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente do Governo Regional admitiu, ontem, após uma audiência com a Federação Agrícola dos Açores, a possibilidade do executivo abrir uma linha de crédito para a comercialização de produtos agrícolas.

Carlos César revelou que o executivo está a analisar “caso a caso” a situação das empresas e cooperativas que se dedicam à venda de produtos agrícolas regionais, na sequência de uma preocupação manifestada pela federação, que defende a abertura de uma linha de crédito nesta área.

“Somos, à partida, favoráveis a essa solução”, admitiu, remetendo, ainda assim, uma decisão final para quando estiver concluída a análise que está a ser feita ao setor da comercialização dos produtos agrícolas.

O presidente do executivo açoriano assegurou, no entanto, que uma eventual linha de crédito será acompanhada “por uma exigência de maior rigor do ponto de vista da gestão”.

Das várias questões abordadas na audiências, o presidente da Federação Agrícola dos Açores salientou, entre outras questões, o setor do leite ao da carne, que considerou de grande importância na economia regional e a diversificação agrícola, que exige uma “melhor política de transportes”.

Jorge Rita fez uma referência especial ao problema do preço do leite, que considerou não ser o que os produtores desejavam, apelando aos industriais deste setor. “Esperamos que os industriais percebam a situação e não matem a galinha dos ovos de ouro”, afirmou.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos