Economia

Mário Fortuna propõe responsabilidade social das empresas

  • 5 de Julho de 2010
  • 232 Visualizações, Última Leitura a 18 Novembro 2017 às 06:12
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada (CCIPD), Mário Fortuna, considerou hoje que a preservação do emprego deve constituir, na atual conjuntura, a prioridade nas práticas de responsabilidade social das empresas.

“É importante que as empresas mantenham um bom ambiente de trabalho e ajudem os seus ativos com seguros e complementos de reforma”, mas numa altura de perda de postos de trabalho os seus esforços devem dirigir-se à manutenção do emprego, declarou o dirigente da CCIPD, entidade que promove terça feira um seminário sobre a temática.

Segundo dados do Serviço Regional de Estatística a taxa de desemprego situava-se nos Açores no primeiro trimestre deste ano nos 7,7 por cento, um ponto percentual acima do valor apurado no trimestre homólogo de 2009.

No primeiro trimestre de 2010 estavam sem emprego na Região 9 132 pessoas, contra 7.977 no mesmo período do ano passado.

A justificar a escolha do tema para o seminário, organizado no quadro do programa de celebração dos 175 anos da Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada, Mário Fortuna sublinhou que a “estabilidade laboral” e a satisfação dos trabalhadores, sendo boa para os ativos, também o é para o tecido empresarial, daí a importância de uma permanente aposta práticas de responsabilidade social por parte das empresas.

Além de debater a responsabilidade social nas empresas e o seu impacte na actividade empresarial, o encontro, em que vão intervir responsáveis de alguns dos principais grupos económicos açorianos, abordará as experiências ensaiadas na região.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos