Economia

Governo vai ‘substituir’ Transmaçor nas ligações do Grupo Central

  • 23 de Junho de 2010
  • 130 Visualizações, Última Leitura a 18 Novembro 2017 às 06:26
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente do Governo Regional dos Açores afirmou ontem que o Executivo vai assegurar as ligações marítimas entre as ilhas do Grupo Central, depois de a empresa Transmaçor ter abandonado as funções.

Carlos César disse que o Governo está em diálogo com outras entidades e tem “a responsabilidade de assegurar o bem estar dos açorianos quando outros falham o compromisso”.

Em declarações aos jornalistas à margem do lançamento da primeira pedra do Parque de Exposições da Terceira, César admitiu que o transporte marítimo de passageiros nas ilhas do Grupo Central comece a 1 de Julho, estando a ser estudadas soluções para “salvaguardar a qualidade, a segurança e a frequência desse transporte”, mesmo que “isso implique a afectação de recursos públicos especiais ou empresariais”.

Quanto à compra do capital social da Transmaçor pela Atlânticoline, comentou que “se o Governo Regional quisesse entrar no transporte marítimo de passageiros tê-lo-ia feito”, dando instruções à Atlânticoline para que concorresse, que “não o fez”.

A Transmaçor devia ter começado a assegurar várias ligações do Grupo Central no passado dia 1 de Junho, altura em que o proprietário José Almeida veio a público dizer que a empresa vivia uma situação de caos financeiro.

A Secretaria Regional da Economia abriu um inquérito para apurar as razões que levaram ao incumprimento do estabelecido nas obrigações de serviço público.

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos