Economia

JOVENS AÇORIANOS TEM DE PERDER O MEDO DA INOVAÇÃO

  • 28 de Março de 2008
  • 370 Visualizações, Última Leitura a 25 Setembro 2017 às 04:29
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

 

Os jovens açorianos não podem ter medo do risco e da inovação”. A frase é do líder da JS/Açores, que alerta para a urgência de uma nova mentalidade no arquipélago relativamente ao empreendedorismo. Berto Messias, em declarações ao DI, argumenta que a implementação de uma cultura de risco e de inovação é essencial para o desenvolvimento da região, garantindo, por outro lado, uma plataforma de emprego para os jovens insulares. “As novas tecnologias são uma área que apresenta enormes potencialidades. A matéria-prima é desmaterializada e a sua transformação não exige enormes complexos industriais. Logo, abrem-se aqui as portas para os mercados internacionais, condição essencial para a rentabilização das ideias. Ora, isso implica capital. E esse tem de estar disponível. Mas, na base de todo este processo, tem de estar uma cultura de risco e empreendedorismo, tal como acontece, por exemplo, nos estados Unidos”, alega o líder dos jovens socialistas. “Assistimos a dois problemas: por um lado, várias entidades disponibilizam mecanismos de apoio neste sentido e as oportunidades não são aproveitadas; por outro, quem pode financiar, caso da Banca, muitas vezes prefere projectos vindos de empresários consolidados no tecido regional do que ideias novas, que comprovem ser viáveis ou que possam ser testadas”, sublinha, defendendo, por exemplo, a introdução no arquipélago dos “business angels”.Um “Business angel” é um investidor que realiza investimentos em oportunidades nascentes (tipo “start-up”). O investidor além de capacidade financeira, também contribui com a sua experiência e rede de contactos de negócios. O emprego, a formação e o empreendedorismo são os temas da reflexão que a estrutura partidária tem motivado durante este mês. Esse trabalho culmina hoje à noite com um debate, em Ponta Delgada, sendo oradores os directores regionais do apoio à Coesão económica e do emprego e formação profissional e o delegado regional da fundação para a Divulgação das tecnologias de informação.

 

 

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos