Economia

Transmaçor exige mais contrapartidas do Governo

  • 2 de Junho de 2010
  • 242 Visualizações, Última Leitura a 24 Novembro 2017 às 05:35
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As relações estão agora mais detrioradas, entre o governo e a Transmaçor.

José Almeida, sócio maioritário da Transmaçor, já transmitiu ao governo regional que pretende entregar os 62 por cento do capital da empresa, caso não venha a receber mais ajudas por parte do executivo.

A empresa tem já marcada para daqui a quinze dias uma Assembleia geral.

Com o “Ilha Azul” parado e com os dois barcos, que habitualmente fazem a ligação entre o Pico e o resto das ilhas do Triângulo, em doca seca para as habituais manutenções, a situação da empresa não é das melhores.

De acordo com a Açores/TSF, o empresário garante que tem resultados negativos de mais de um milhão de euros.

Isto, porque o governo regional só este ano começou a pagar indemnizações compensatórias e porque naõ escolehu o “Ilha Azul” para o transporte marítimo de passageiros inter-ilhas.

“Ilha Azul”, que chegou a fazer as ligações marítimas inter-ilhas, mas que há dois anos tem estado praticamente sempre em doca seca.

A Transmaçor não realizou no ano passado nenhuma proposta formal para o concurso do ano passado, mas a Açores/TSF adianta que a empresa chegou a fazer uma proposta de 2,5 milhões de euros para o aluguer do navio.

No entanto, o governo acabou por adjudicar o Express Santorini à Hellenic Seaways.

Esta é uma opção que José Almeida não entende. E diz mesmo que o governo pagou o dobro da sua proposta.

O empresário diz não compreender que, havendo um navio na região de uma empresa participada pelo governo, se tenha de ir buscar soluções ao estrangeiro.

Agora José Almeida pondera encerrar portas, deixando 50 funcionários com os empregos em causa.

Este ano a Transmaçor já recebeu do governo 400 mil euros, correspondentes à primeira tranche, de um total de 1 milhão e 700 mil euros de indemnizações compensatórias decorrentes do contrato assinado no início deste ano com o executivo, para o transporte de passageiros para o grupo central.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos