Economia

"Diálogo mais directo" com União Europeia

  • 27 de Maio de 2010
  • 216 Visualizações, Última Leitura a 20 Novembro 2017 às 02:05
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Governo Regional dos Açores espera que o I Fórum das Regiões Ultraperiféricas da Europa, que começa hoje em Bruxelas, permita um “diálogo mais directo” entre as instituições europeias e as regiões mais afastadas do centro da Europa.

“Esperamos que esta reunião crie um precedente e permita um diálogo mais directo entre quem decide a nível europeu e os destinatários dessas decisões nas regiões ultraperiféricas”, afirmou André Bradford, secretário regional da Presidência, em declarações à Lusa.

André Bradford, que lidera a comitiva açoriana que se desloca a Bruxelas, frisou a importância deste encontro para aumentar a visibilidade das Regiões Ultraperiféricas (RUP) junto das instâncias europeias.

“A nossa expectativa é que o fórum seja uma forma das RUP se darem a conhecer às instituições europeias e não apenas aos departamentos da Comissão Europeia com quem lidam mais directamente”, salientou.

No mesmo sentido, referiu que esta reunião em Bruxelas será também uma oportunidade para uma troca de conhecimentos e contactos entre as instituições das várias regiões ultraperiféricas europeias.

“Este fórum pode provocar um diálogo mais intenso entre as instituições das RUP e não apenas ao nível do poder político”, defendeu.

Por essa razão, a comitiva açoriana integra, além de representantes do poder político, elementos ligados aos municípios, meio empresarial, sindicatos e universidade.

André Bradford recordou ainda que a realização do I Fórum das Regiões Ultraperiféricas da Europa resultou de uma ideia lançada pelo governo açoriano há cerca de dois anos durante uma reunião em Bruxelas onde se discutiam estratégias para a defesa dos interesses das RUP.

“Na altura, os Açores propuseram a realização de um encontro regular em Bruxelas, por iniciativa da Comissão Europeia, para discutir os problemas das regiões ultraperiféricas”, salientou.

O I Fórum das RUP reúne cerca de 370 representantes das instituições europeias, estados-membros e regiões ultraperiféricas.

A comitiva dos Açores, liderada pelo secretário regional da Presidência, integra os subsecretários regionais dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa e das Pescas, além dos directores regionais do Planeamento e Fundos Estruturais, dos Assuntos Comunitários, da Agricultura e do Ambiente.

Durante dois dias, os participantes vão debater as futuras orientações estratégicas para as RUP, tendo em vista valorizar o conhecimento da sua realidade ao nível europeu, de forma a sensibilizar os decisores para as especificidades e potencialidades destas regiões.

O Governo Regional dos Açores vai aproveitar a realização deste encontro em Bruxelas para realizar algumas iniciativas de divulgação do arquipélago, entre as quais a degustação de produtos regionais no jantar oficial.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos