Economia

Custos de habitação nova crescem em Março

  • 7 de Maio de 2010
  • 193 Visualizações, Última Leitura a 23 Setembro 2017 às 02:01
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A taxa de variação homóloga do índice de custos de construção de habitação nova, no Continente, aumentou 0,8 pontos percentuais em Março, face a Fevereiro, situando-se em 2,2 por cento, indicou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

"Este resultado foi determinado pelo aumento da variação homóloga da componente Materiais (1,4 pontos percentuais) que se fixou no mês em análise em 0,1 por cento", refere o INE em comunicado.

A variação homóloga da componente mão-de-obra cresceu 0,1 pontos percentuais em relação à variação verificada em Fevereiro, atingindo 3,9 por cento, salientam.

Os dados do INE analisados por tipo de construção permitiram que concluir que as variações homólogas dos índices relativos a apartamentos e a moradias tiveram um crescimento mensal de 0,8 e de 0,6 pontos percentuais, com taxas de 2,2 e 2,1 por cento, respectivamente.

Já a taxa de variação homóloga do índice de preços de manutenção e reparação regular da habitação, no Continente, estabeleceu-se em 0,6 por cento, inferior em 0,1 pontos percentuais à registada no mês anterior.

"Esta situação resultou de contribuições de sentido contrário das suas componentes, com os serviços a registarem um acréscimo de 0,2 pontos percentuais na respectiva taxa de variação homóloga, enquanto a taxa referente à componente Produtos se reduziu em 0,5 pontos percentuais", conclui o INE.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos