Economia

Há mais empresas nos Açores mas lucros diminuem

  • 29 de Abril de 2010
  • 244 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 20:21
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

É para isso que apontam os últimos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), numa ocasião em que os empresários só acreditam na retoma no ano de 2012.

Mais 450 empresas surgiram nos Açores em 2008, o que representa, num ano, 1 200 postos de trabalho.

Mário Fortuna, Presidente da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, justificou o aparecimento de novas empresas "por influência de um forte crescimento económico registado no ano de 2007".

No entanto, os efeitos da retracção económica começaram a ser sentidos no final de 2008 e, por isso, os resultados líquidos registaram uma quebra na ordem dos 1,8%.

A situação não deverá ser melhor no corrente ano e, Mário Fortuna adianta que "a economia só poderá recuperar taxas de crescimento significativas com os efeitos do PEC, Programa de Estabilidade e Crescimento" e, até 2012 – sublinha - "o crescimento em 2010 e 2011 será a um ritmo muito moderado".

Em suma, o Presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores acredita que "melhores dias virão para a economia açoriana" e vê no PEC a solução.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos