Economia

Câmara do Comércio abre pólo na Praia da Vitória

  • 21 de Abril de 2010
  • 247 Visualizações, Última Leitura a 22 Novembro 2017 às 16:33
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) inaugurou, ontem, instalações no Concelho da Praia da Vitória. Este regresso ao concelho praiense surge através de uma parceria com autarquia local, que apoiou a criação deste novo gabinete, cedendo parte das instalações da empresa municipal Praia em Movimento, na rua de Jesus. A cerimónia contou com cerca de 70 empresários.   

Rodrigo Ávila, vice-presidente da CCAH, destaca o esforço a instituição em se aproximar do tecido empresarial: “estas instalações vão permitir uma maior facilidade dos empresários, nossos associados, em aceder aos nossos serviços, uma vez que este gabinete vai dispor de todas as funcionalidades que disponibilizamos na sede em Angra”.

O vice-presidente sublinhou ainda as vantagens de pertencer à CCAH, esperando que isso contribua para uma maior adesão dos empresários à associação e às suas actividades: “temos um vasto plano de formações e actividades promocionais das diferentes actividades empresariais. Conseguimos projectar melhor os negócios e empresas dos nossos associados em feiras nacionais e internacionais, isso além de podermos prestar um contributo importante a nível jurídico e de acesso aos programas de incentivos”, e acrescenta – “quanto mais associados formos, mais alto podemos falar e juntos temos mais força e expressão”.

Roberto Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV), sublinhou a “maior proximidade” e as “parcerias estratégicas entre a CMPV e a CCAH”, como são a revitalização do comércio tradicional ou a candidatura ao URBCOM, como factores tornam este novo espaço uma mais-valia para os empresários do concelho traz “grandes expectativas para o comércio e indústria local”. 

URBCOM vai ajudar a modernizar comércio do concelho     

Durante a cerimónia de inauguração do novo gabinete da CCAH, Roberto Monteiro anunciou a abertura este ano do programa URBCOM, destinado à modernização do comércio tradicional da Praia da Vitória.

“O programa não tem um limite financeiro para o investimento global, uma vez que a comparticipação depende das necessidades de investimento dos empresários para remodelação ou mesmo mudança de negócio”, afirmou o autarca.

A zona de intervenção abrange todo o centro histórico da cidade, onde está a ser efectuado um diagnóstico de cerca de meio milhar de lojas comerciais, podendo o URBCOM apoiar pequenas remodelações de mobiliário, expositores ou electrificações, além de segurança alimentar na restauração e mudança de actividade comercial.

“A perspectiva de sobrevivência de muitas destas empresas passa claramente pela mudança de negócio”, frisou Roberto Monteiro.

Á margem da cerimónia, o líder da edilidade revelou que, “no final deste mês, deslocam-se à região oito empresários portugueses e estrangeiros de marcas famosas”, que vão “analisar potencialidades de negócios e negociar franchisings”. O autarca admitiu ainda que, numa fase posterior, estes empresários possam vir a “instalar os seus próprios negócios” neste concelho.

“A estratégia que adoptámos indica ser necessário responder às exigências de diversificação e qualidade das pessoas, porque viajam muito mais e querem ter na sua terra o mesmo que encontram noutras paragens”, afirmou, defendendo que “já não é possível ter sucesso no comércio actual com a mentalidade que se tinha há uma década”.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos