Economia

Desemprego com queda ligeira na OCDE e estável em Portugal nos 10,3% em Fevereiro

  • 13 de Abril de 2010
  • 209 Visualizações, Última Leitura a 19 Agosto 2017 às 05:27
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A taxa de desemprego caiu para os 8,6 por cento, em Fevereiro, no conjunto dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos), mantendo-se nos 10,3 por cento em Portugal.

O desemprego nos 30 países membros da OCDE ficou 0,1 pontos percentuais abaixo do valor apurado em Janeiro de 2010, reflectindo a "estabilização" do mercado laboral em todo o mundo, e 1 ponto acima do valor de Fevereiro de 2009.

A taxa de desemprego em Portugal, medida pela OCDE, manteve-se nos 10,3 por cento em Fevereiro, pelo segundo mês consecutivo, o que significa um agravamento de 1,5 por cento face à taxa observada um ano antes.

O país é a quinta região com as taxas mais altas da OCDE, depois de Espanha (19 por cento), Eslováquia (14,2 por cento), Irlanda (13,2 por cento) e Hungria (11 por cento).

As taxas de desemprego mais baixas foram observadas na Noruega (3,3 por cento em Janeiro) e Holanda (4 por cento).

Na Zona Euro, a taxa de desemprego subiu 0,1 pontos percentuais, face ao mês anterior, para os 10 por cento, e aumentou 1,2 pontos percentuais face ao mesmo mês de 2009.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos