Economia

Terceira deve explorar a Rota do Toiro

  • 11 de Abril de 2008
  • 384 Visualizações, Última Leitura a 26 Setembro 2017 às 16:11
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

 

 A ilha terceira deve apostar na rota do toiro como atracção turística, defende o director regional do Desenvolvimento agrário, Joaquim Pires. “É importante termos a noção de que existe aqui uma rota por explorar, com um potencial muito interessante, que é a rota do toiro bravo na ilha terceira. Os terceirenses, por natureza, são amantes daquele inóspito mas paradisíaco local da terceira que é o nosso interior da ilha, onde temos o ambiente do gado bravio. Talvez esse mesmo ambiente e ecossistema tenham influenciado as características dos primeiros bovinos, conhecidos pela braveza”, defende. O responsável pela pasta do Desenvolvimento agrário falava na sessão de abertura das i Jornadas açorianas de Gado bravo, que se prolongam até ao final do dia de hoje. Joaquim Pires reforçou que a rota do toiro tem “um elevado potencial em termos de desenvolvimento económico da ilha, através da atracção do mercado turístico”. Recorde-se que, no final do ano passado, a Câmara Municipal de angra do Heroísmo avançava esperar ter construído, até Junho deste ano, um miradouro junto à Caldeira Guilherme Moniz, que será o centro de um roteiro turístico. O presidente do município, José Pedro Cardoso, revelava que a intenção é criar, numa das zonas mais altas daquela local da ilha, uma plataforma asfaltada, de onde será possível vislumbrar o maneio do gado bravo. “Já abordamos alguns dos ganadeiros que têm terras naquele local, e todos foram receptivos a este projecto. Entendemos que é uma área a explorar, embora reconheçamos que se trata de um produto que pode não ser apetecível para todos os turistas. De qualquer forma, mesmo quem não aprecia a festa brava, só a possibilidade de apreciar a paisagem lindíssima daquela zona é mais do que um atractivo para que o ponto seja visitado por quem vem à ilha”, afirmava o autarca. A rota do toiro faz parte do programa das i Jornadas açorianas de Gado bravo, que se revestem de grande importância, considera Joaquim Pires: “Nas 11 explorações pecuárias que se dedicam a esses animais, existem 630 vacas bravas e 1721 animais no total, que ocupam 1140 hectares na nossa ilha. Há aqui um assinalável interesse em trazer estudiosos e técnicos para debater os assuntos que se prendem com a exploração do gado bravo”.Quanto ao que a direcção regional do Desenvolvimento agrário tem feito nesta área, o director regional avança que foi dada especial atenção à sanidade animal, sendo que a última aposta é na melhoria do equilíbrio alimentar. “Também enveredamos, há três anos, por uma série de colheitas de sangue ao gado, para que, para além do contributo na área da sanidade, seja possível também obter equilíbrio mineral na alimentação destes animais”. As jornadas encerram hoje as i Jornadas açorianas de Gado bravo, com a discussão de matérias como a melhoria do conforto térmico e do bem-estar do toiro durante a tourada à corda e o panorama do toiro bravo no país. O dia termina com a rota do toiro. O secretário técnico do Livro Genealógico Português da raça brava de Lide, Vasco Lucas e a finalista do curso de engenharia Zootécnica do Departamento de Ciências agrárias da Universidade dos açores, Susana Ferreira, são os dois oradores do dia. “Sistemas de exploração e Maneio do Gado bravo”, “equilíbrio Mineral na alimentação do Gado bravo”, “reprodução e sanidade na Ganadaria brava”, e a “base Hereditária dos Caracteres de Comportamento de interesse no touro de lide: O seu Melhoramento Genético” foram os vários temas em discussão, ontem, nas jornadas, que encerraram o dia com uma mesa redonda sobre a “selecção do toiro bravo e do Cavalo face ao toureio actual”. Participaram nas várias sessões nomes como Javier Canon, do Laboratório de Genética da Universidade Complutense de Madrid, o cavaleiro rui salvador e os ganadeiros José Baldaya rego e António Brito Paes.

 

 

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos