Economia

Entidades para o desenvolvimento empresarial iniciam cooperação

  • 9 de Abril de 2010
  • 125 Visualizações, Última Leitura a 21 Agosto 2017 às 00:45
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Foi assinado ontem, dia 8, um protocolo de cooperação entre a Agência para a Promoção do Investimento dos Açores (APIA) e a Associação Industrial Portuguesa – Confederação Empresarial (AIP-CE) que pretende a “promoção, inovação e internacionalização das empresas” açorianas.

O protocolo actua, essencialmente, em quatro frentes: divulgação de projectos, dinamização de iniciativas, acompanhamento das potencialidades da região e incentivo à participação das empresas em eventos de promoção.

De acordo com a APIA, a cooperação com a associação nacional vai abrir portas ao fortalecimento da competitividade, da tecnologia, do capital humano e  pode “contribuir para a inserção nas redes europeias”.

Essa inserção, diz a APIA, será realizada com recurso a apoios técnicos para a “inovação, no âmbito de programas nacionais e transnacionais”. A agência garante que “a promoção do investimento, do empreendedorismo e da internacionalização empresarial” vai ter como destinatários prioritários as pequenas e médias empresas.

Intenção importante do protocolo ontem assinado será a divulgação do arquipélago “ao nível nacional e internacional”, através da participação activa em eventos promocionais, como feiras e encontros.

A AIP-CE

De acordo com a descrição feita por um dos seus parceiros, a filiação portuguesa da multinacional SAP, a AIP-CE foi fundada no ano de 1837, em Lisboa.

Diz o descritivo que se “trata de uma associação empresarial de âmbito nacional, desenvolvendo actividades dirigidas aos associados nos campos da informação económica, da educação e da formação, da consultoria, das feiras e congressos e, mais recentemente, das tecnologias e sistemas de informação”.

A AIP-CE é proprietária da Feira Internacional de Lisboa e do Centro de Congressos de Lisboa. Realiza anualmente um volume de negócios de mais de 50 milhões de euros e conta com cerca de 250 colaboradores.

A APIA escolheu este parceiro pela projecção nacional que poderá trazer às suas iniciativas. “Estamos convictos de que, para além da criação de vínculos institucionais de colaboração recíproca, o protocolo hoje assinado na Secretaria Regional da Economia constituirá uma mais-valia importante, não só para a APIA, como também para a Região Autónoma dos Açores”, rematou a associação açoriana.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos