Economia

Volume de negócios na Indústria cresce 12,9% e emprego cai 4,7% em Fevereiro

  • 6 de Abril de 2010
  • 214 Visualizações, Última Leitura a 21 Setembro 2017 às 21:19
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As vendas na indústria aumentaram 12,9 por cento em Fevereiro em relação ao período homólogo e 1,1 pontos percentuais face a Janeiro, influenciadas sobretudo pelo aumento do volume de vendas no mercado nacional.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), em Fevereiro de 2010, o volume de negócios na indústria registou uma variação homóloga de 12,9 por cento, reflectindo comportamentos positivos em ambos os mercados.

O contributo do mercado nacional foi o mais importante, com as vendas a crescerem 13,2 por cento em relação a Fevereiro de 2009, enquanto a variação do mercado externo se fixou em 12,4 por cento, uma taxa inferior em 3,2 pontos percentuais à registada Janeiro.

Os sectores da Energia e de Bens intermédios foram os que mais contribuíram para o aumento do volume de negócios na indústria.

O Índice de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas na Indústria hoje divulgado revela que, em Fevereiro - e também face ao mesmo período do ano passado - o emprego, as remunerações e as horas trabalhadas diminuíram 4,7 por cento, 3,4 por cento e 3,5 por cento respectivamente.

A redução do emprego na indústria, que diminuiu 4,7 por cento em relação a Fevereiro de 2009, foi determinada pelos sectores de bens intermédios e bens de consumo.

No mês de Fevereiro, as remunerações pagas na indústria diminuíram 3,4 por cento em relação ao ano anterior, mas ainda assim aumentaram 0,1 por cento comparativamente a Janeiro de 2010.

Em relação ao volume de trabalho, medido em horas trabalhadas, diminuiu 3,5 por cento em Fevereiro e os agrupamentos de bens intermediários e de bens de consumo foram os mais influentes no comportamento do índice total.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos