Economia

Prioridade no turismo é emprego qualificado

  • 8 de Outubro de 2019
  • 11 Visualizações, Última Leitura a 15 Outubro 2019 às 01:29
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo apontou ontem, em São Miguel, “mais emprego qualificado no turismo”, como a “principal prioridade” no setor para 2020.

Marta Guerreiro reforçou, nesse sentido, “a continuação da aposta na valorização turística dos Açores, com a formação de profissionais a assumir uma grande importância face aos desafios da atualidade, bem como a qualificação dos produtos turísticos e o combate à sazonalidade, sem descurar o investimento na promoção do destino, com crescimento das verbas que lhe são destinadas”.

“Com todos os mecanismos já criados e previstos, estamos em condições de ter mais dinamismo económico e mais emprego no setor turístico, incrementando o que já tem vindo a acontecer durante esta legislatura e que passa, necessariamente, pela valorização das respetivas profissões”, sublinhou.

Marta Guerreiro salientou que o Governo Regional, uma vez mais, “coloca os açorianos no centro dos investimentos, criando condições para que, através do crescimento económico, se promova uma melhoria da sua qualidade de vida.

A titular da pasta do Turismo falava, nas Furnas, à margem da entrega do Manual ‘Açores Recebe Genuinamente Bem’ à equipa do Terra Nostra Garden Hotel, local escolhido pelo facto de o Grupo Bensaude ter registado o maior número de participantes nos workshops.

A secretária regional lembrou que este é um manual dirigido a todos os profissionais do turismo açoriano, caracterizando-se por ser “um guia de apoio às atividades quotidianas, estabelecendo orientações comportamentais e atitudes, tendo como objetivo o atendimento e serviço”.

“Este é um instrumento que surge depois dos workshops ‘Açores Recebe bem’, que decorreram em todos os concelhos da Região e chegaram a cerca de 600 pessoas, enquanto formação de capacitação no atendimento para ativos, que se constituiu como uma mais-valia para ajudar a consolidar esta cultura de serviço e de bem receber na Região”, afirmou.

Para além deste programa, Marta Guerreiro lembrou os planos de formação de profissionais do setor através da Escola de Formação Turística e Hoteleira, ainda a decorrer, mas já tendo chegado a 880 formandos e com mais de 1200 horas de formação.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos