Economia

São precisos mais programadores para responder à procura

  • 11 de Setembro de 2019
  • 32 Visualizações, Última Leitura a 20 Setembro 2019 às 03:57
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O vice-presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila, disse ontem ser preciso aumentar o número de programadores para fazer face ao aumento da procura por parte das empresas.

Citado pelo GACS, Sérgio Ávila falava na Praia da Vitória, à margem de uma visita às novas instalações da ITUp, a segunda entidade certificada a formar programadores no âmbito do projeto ‘Terceira Tech Island’.

Sérgio Ávila lembrou também que o objetivo do Governo, no âmbito do ‘Terceira Tech Island’ é “ter uma capacidade formativa instalada de 60 formandos de cada vez, de forma a que se possa aumentar permanentemente o número de programadores”, salientando que se tem verificado “um grande aumento da procura por parte das empresas”.

O vice-presidente do Governo dos Açores recordou ainda que já existem 13 empresas instaladas na ilha Terceira e outras duas estão na fase de recrutamento para se instalarem.

Por isso, concluiu, “as perspetivas que temos, num futuro próximo, são muito positivas”, alertando que “essas empresas precisam, cada vez mais, de programadores e, por essa via, é necessário que a nossa formação se intensifique”.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos