Economia

“Empreendo o Meu Negócio” deu origem a 22 microempresas

  • 18 de Maio de 2019
  • 27 Visualizações, Última Leitura a 21 Agosto 2019 às 07:17
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

No primeiro ano de implementação, a medida “Empreendo o Meu Negócio” formou 65 pessoas com ideias de negócio, das quais dez já contam com as suas empresas constituídas e doze estão na fase final de acompanhamento na implementação.

A medida foi implementada em 2018 pela Vice-Presidência do Governo Regional através da SDEA - Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, em parceria com a CRESAÇOR, e regressou este ano com a primeira formação, em Ponta Delgada, que conta com 20 formandos.

“Este projeto visa criar condições e apoiar os empreendedores no desenvolvimento de um plano de negócio e na criação das suas empresas” explicou Sérgio Ávila.

Em visita à primeira ação de formação de 2019 do projeto na CRESAÇOR, o vice-presidente do Governo Regional esclareceu que a medida é composta por três fases.

A primeira consiste na dinamização de ações de formação constituídas por 75 horas em sala e dez horas para visitas a empresas.

A segunda fase consiste num período de seis meses para desenvolver o plano de negócios e os restantes aspetos necessários à criação da empresa como os licenciamentos e a procura de fontes de financiamento, sendo a ajuda prestada por técnicos especializados da SDEA.

Segundo Sérgio Ávila, esta fase “visa transformar as ideias de negócio em oportunidades de mercado”.

Finalmente, a terceira fase consiste num acompanhamento de um ano direcionado a apoiar a gestão do negócio.

“O projeto é complementado com um prémio de 3500 euros para os cinco melhores planos de negócio, com o intuito de ajudar a constituir o capital social de cada empresa”, destaca o vice-presidente do Governo.

Sérgio Ávila realçou ainda que as microempresas também poderão obter um apoio de dez mil euros de vale de incubação se se inserirem numa das incubadoras da rede.No ano passado, a medida contou com quatro ações de formação - duas em Ponta Delgada, uma na Terceira e uma no Faial.

Este ano, prevê-se a realização de novamente quatro, em Ponta Delgada, em Santa Maria, na Terceira e na Graciosa, sendo que esta última ainda aguarda confirmação.

“Empreendo o Meu Negócio” destina-se a pessoas desempregadas, com escolaridade mínima obrigatória, inscritos em Agências para a Qualificação e Emprego, podendo ser extensível a alunos universitários de licenciatura, mestrado e doutoramento que tenham como objetivo criar a sua empresa.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos