Economia

Volume de vendas de produtos marca Açores cresceu 27% em 2018

  • 8 de Maio de 2019
  • 9 Visualizações, Última Leitura a 26 Maio 2019 às 03:10
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O vice-presidente do Governo dos Açores anunciou ontem que o volume de vendas de produtos marca Açores cresceu 27 por cento em 2018.

Durante uma visita à Feira Açores que está a ser promovida nos supermercados Continente até 27 de maio e na qual estão disponíveis mais de 500 produtos com marca Açores, Sérgio Ávila revelou que, de acordo com o inquérito mais recente às empresas que têm produtos marca Açores, no último ano o volume de vendas destes produtos cresceu 27 por cento face ao ano anterior, depois de ter aumentado cerca de 22% em 2017 e 18% em 2016.

“Temos todos, empresas e consumidores açorianos, feito uma trajetória positiva, o que se demonstra não só pela diversidade de produtos, como pela inovação dos produtos apresentados e, particularmente pelo grande crescimento do volume de vendas dos produtos marca Açores que no ano passado cresceram 27%”, revelou.

O governante destacou ainda que 97% das empresas demonstraram “satisfação plena” com a estratégia e aposta na marca Açores. O vice-presidente do Governo Regional destacou também o contributo do turismo para o crescimento das vendas de produtos marca Açores.

“Ainda hoje a equipa do Continente afirmou que os turistas que nos visitam procuram os produtos dos Açores, o que faz com que consigamos crescer por via do mercado interno mas também do turismo dada a apetência que os turistas têm para consumir produtos dos Açores”, afirmou, destacando: “o setor do turismo é um mercado cada vez mais importante”.

Aos jornalistas, Sérgio Ávila realçou ainda que, apesar de se tratar de uma “aposta claramente ganha”, ainda há desafios para a marca Açores.

“Agora temos dois desafios. O primeiro é aumentar a quantidade de produção, uma vez que a maioria das empresas já precisa de aumentar a sua produção para fazer face ao aumento da procura. Por outro lado, [temos de apostar na] constante inovação quer dos produtos, quer da forma como são apresentados”, explicou, lembrando que “podemos usar ainda os nossos recursos endógenos, com uma maior diversidade de produtos e uma maior inovação”.

Nesse sentido, realçou ainda que “as empresas têm aumentado muito na inovação”, dando como exemplo os produtos apresentados na feira, “quer na forma como são apresentados, quer na forma como são comercializados, quer a utilização de matérias-primas da Região que até há poucos anos não eram consideradas nem valorizadas”.

Durante esta visita, Sérgio Ávila frisou que a feira Açores representa “claramente para o Governo dos Açores a evidência do trabalho que tem sido feito nos últimos anos na promoção do produto dos Açores”.

“A introdução da marca Açores deu uma visibilidade aos produtos da Região e incorporou também por parte dos produtores um enorme esforço de valorização dos seus produtos com uma preocupação especial com a embalagem e promoção que, associada à consciência dos consumidores para o valor da marca Açores, tem implicado um crescimento bastante acentuado”, disse.


Continente possui 315 produtos marca Açores

A marca Continente possui 315 produtos próprios certificados com o selo marca Açores.

De acordo com Carlos Filipe Medeiros, administrador da Insco, desde 2016 que a empresa iniciou o processo de certificação de produtos produzidos pelo Continente, como a carne, e também de produtos de fornecimento direto e controlado como o peixe e o marisco, ou a fruta e legumes produzidos pelo Clube de Produtores de Continente dos Açores.

E mais recentemente dos produtos de pastelaria.

O administrador da Insco explicou ainda que a Feira Açores, iniciativa com cerca de 20 anos, surgiu ligada ao mercado da saudade, sendo também uma oportunidade para promover a marca Açores, “ que dá a garantia de que é um produto mesmo açoriano”.


Fonte. Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos