Economia

Número de passageiros aéreos desembarcados cresceu 3,9% até março

  • 11 de Abril de 2019
  • 12 Visualizações, Última Leitura a 21 Abril 2019 às 22:35
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O número de passageiros aéreos desembarcados nos aeroportos dos Açores cresceu 3,9% no primeiro trimestre, revelam os dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA).

Nos meses de janeiro, fevereiro e março desembarcaram nos Açores 285.483 passageiros aéreos, mais 10.669 que em igual período de 2018.

Numa análise mensal, verifica-se que todos os meses houve um aumento do número de passageiros: em janeiro o aumento foi 5,8%, tendo-se registado mais 4936 passageiros desembarcados; em fevereiro foi de 5,8% com mais 4643; e em março de 1% com mais 1090 passageiros desembarcados.

Por ilha, o SREA mostra que a ilha que apresentou maior variação homóloga positiva no primeiro trimestre foi o Corvo (14,5%), seguida do Faial com 9,7%.

Nos dados relativos ao mês de março, o SREA revela que desembarcaram nos aeroportos dos Açores 109.510 passageiros, um aumento de 1,0% face ao mesmo mês de 2018.

Os passageiros desembarcados com origem no estrangeiro foram 7899, originando um decréscimo homólogo de 28%, e os com origem noutras regiões do território nacional atingiram 58.153, apresentando uma variação homóloga positiva de 7,3%.

Já na análise dos passageiros aéreos desembarcados por ilha, destaca-se que a ilha com maior número de passageiros desembarcados em março foi a de São Miguel com 65.270, seguida da Terceira com 24.535 e Faial 6796.

A ilha que apresentou maior crescimento homólogo mensal foi a do Corvo com 27,9%, seguindo-se a das Flores com 9,5%, e Faial com 6%.

Em sentido inverso, as ilhas do Pico e Graciosa registaram decréscimos mensais homólogos no desembarque de passageiros de 11,2% e 1,3%,respetivamente.


Levantamentos em caixas ATM aumentam 3,6%

Os levantamentos em caixas ATM atingiram em março de 2019, nos Açores, um montante total de 48,7 milhões de euros, um acréscimo homólogo de 3,6%, revelam os dados do SREA.

Destes, cerca de 46,2 milhões de euros são de levantamentos nacionais, o que representa uma variação homóloga positiva de 3,6% e cerca de 2,4 milhões de euros dizem respeito a levantamentos internacionais, o que representa uma variação homóloga positiva de 2,6%.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos