Economia

Empresas da Praia com estudo energético gratuito

  • 12 de Março de 2010
  • 207 Visualizações, Última Leitura a 21 Agosto 2017 às 00:42
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As empresas da Praia da Vitória podem reduzir entre 30 a 50 por cento os seus custos ao adoptarem planos de racionalização energética. O atractivo foi lançado, ontem de manhã, pelo presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, na apresentação do projecto “Diagnóstico Energético às Empresas do Concelho da Praia da Vitória.

Roberto Monteiro, que falava em conferência de imprensa, explicou que a redução da factura energética das empresas é o principal objectivo da iniciativa, que garante aos empresários um estudo gratuito das suas necessidades e desempenhos em termos de consumo de energia.

“Além do impacto directo na eficiência energética da empresa - que permite ganhos financeiros reais -, o projecto proporcionará às empresas aderentes o reconhecimento com s designação Negócio Verde. Esta certificação permitirá o reconhecimento público pela adopção de boas práticas energéticas”, argumentou o autarca socialista.

Segundo Roberto Monteiro, o projecto, nos próximos 12 meses, vai realizar-se em 20 empresas do concelho, que venham a voluntariar-se para o efeito.

“Esperamos que as empresas interessadas manifestem vontade em apoiar as equipas na análise à sua performance energética. De qualquer forma, é nossa intenção, nesta primeira fase, contar com empresas das quatro tipologias que definimos. E se assistirmos a uma procura elevada, poderemos aumentar o grupo para 30 empresas. Depois, é nossa intenção alargar este projecto a todo o concelho”, explicou.

O projecto resulta de uma parceria entre o município, a Câmara do Comércio de Angra e a empresa NextEnergy, que ficará responsável pelo levantamento, auditoria, relatórios e plano de racionalização energéticos.

“As equipas estarão nas empresas entre nove a 14 dias, consoante a sua dimensão, de forma gratuita. O empresário, depois de conhecidas as recomendações, poderá optar pela sua implementação. Com esse propósito, vamos também ajudar os empresários a conhecerem o conjunto de incentivos governamentais que têm ao seu dispor para investimento na eficiência energética”, adiantou Roberto Monteiro.

As empresas que pretendam participar no projecto podem manifestar a sua intenção à autarquia ou à Câmara do Comércio, disse o autarca socialista.

A gratuitidade dos estudos nas 20 empresas representa um investimento de 40 mil euros para a autarquia praiense.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos